JPMotos
0,5% dos infectados do CE estão no Cariri, o que a região faz contra a pandemia?
1 de abril de 2020 às 12:24
24
Visualizações

Maior região de planejamento do estado, o Cariri cearense concentra apenas 0,5% dos casos de coronavírus no Ceará. De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesa), Juazeiro do Norte e Mauriti têm um caso cada. No triângulo Crajubar – que envolve ainda Crato e Barbalha -, o número de suspeitos passa de 60.

Em todo o estado, até ontem (31), a Sesa contabiliza 401 casos confirmados e 7 óbitos. Apenas 11,2% dos doentes estão internados. A maioria dos infectados com o novo coronavírus encontra-se em isolamento social (83%).

Na região, os hospitais São Lucas e o Regional do Cariri são referência para tratar possíveis infectados. Há a discussão, no entanto para que outra unidade hospitalar possa ser usada para alocar futuros pacientes. No Ceará, apenas o Lacen (Laboratório Central) em Fortaleza, recebe amostras para testar o novo vírus.

Também é discutida a possibilidade para que esses testes possam ser feitos no Cariri. O laboratório da Faculdade de Medicina (UFCA-Barbalha) está apto para o trabalho, e aguarda autorização.

Desde o início do mês passado, a Sesa iniciou a divulgação de suspeitos e confirmados. Com o aumento vertiginoso do número de doentes, ficou ao cargo das secretarias municipais contabilizar e informar as suspeitas. Não há, no entanto, o cumprimento total da função. No Cariri, apenas Crato e Juazeiro do Norte atualizam diariamente essa contagem.

Crato e Juazeiro

São 36 casos suspeitos em Juazeiro e outros 20 em Crato. Os dois maiores municípios da região adotam medidas de prevenção. Equipes das secretarias de saúde iniciaram o trabalho para desinfetar pontos principais da cidade. Homens e mulheres usam produtos, sistemas de bombeamento nas costas, máscaras e luvas para aplicação.

Na mira estão praças, escadarias de bancos, calçadas e lugares onde há inevitável trânsito de pessoas. Por fim, os dois municípios estão em consonância com as ações do Governo do Estado. Ademais, Camilo Santana (PT) decretou suspensão de aulas, revogou decreto para fechamento do comércio e é determinante sobre a quarentena.

Por Felipe Azevedo
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários