JPMotos
Ceará já registra mais de 200 ataques criminosos desde a última quarta-feira
7 de janeiro de 2019 às 06:00
65
Visualizações

Fogo nas coivaras 1

Os atentados se espalharam de vez pelo Ceará inteiro, num desafio para as forças de Segurança

Mais de 200 ataques criminosos já foram registrados no Ceará desde a última quarta-feira (2) quando facções criminosas comandadas de dentro dos presídios da Grande Fortaleza decidiram retaliar as medidas do governo de disciplinamento nas unidades do Sistema Penitenciário. No fim de semana, os atentados se multiplicaram pela Capital, Região Metropolitana e pelo interior. Cerca de 40 Municípios registraram incidentes como incêndios de veículos e em prédios públicos. No domingo (6), 11 cidades da Região do Vale do Jaguaribe tiveram a comunicação por celular cortada por conta da destruição de uma torre de transmissão na zona rural de Limoeiro do Norte.

Ao menos, duas pontes foram alvos de atentados com explosivos. A da localidade de Peixe Gordo, no quilômetro 205 da BR-116, entre os Municípios de Tabuleiro do Norte e São João do Jaguaribe, ficou parcialmente danificada com buracos provocados por explosões. Já em Varjota (a 297Km de Fortaleza), o ataque foi na Ponte sobre o Riacho Calabar, na rodovia CE-257, que liga ao vizinho Município de Santa Quitéria. Os danos causados por explosões foram reparados ainda no domingo.

Um dos atentados mais graves ocorreu na cidade de Ibaretama, no Sertão Central (a 150Km de Fortaleza), quando bandidos atearam fogo na garagem da Prefeitura Municipal. No total, 22 veículos foram completamente destruídos, entre eles, ônibus do transporte escolar, vans que transportam pacientes, além de tratores e viaturas de várias secretarias.

Segundo as autoridades, além de Fortaleza, foram alvos de ataques desde a última quarta-feira os seguintes Municípios: Caucaia, Horizonte, Maracanaú, Eusébio, Morada Nova, Tianguá, Piquet Carneiro, Jaguaruana, Morrinhos, Aracoiaba, Pacatuba, Canindé, Baturité, Pindoretama, Juazeiro do Norte, Guaiúba, Acaraú, Massapê, Iguatu, Pacajus, Sobral, Viçosa do Ceará, Pentecoste, Ibaretama, Pacoti, Maranguape, Jijoca de Jericoacoara, Acarape, Orós, Santa Quitéria, Varjota, Barroquinha, Chorozinho, Tabuleiro do Norte, São Gonçalo do Amarante, Limoeiro do Norte, Marco, Aurora, Icó e Icapuí.

Na maioria dessas 40 cidades, veículos como ônibus e topiques foram incendiados. Houve ataques também a fóruns, agências bancárias e sedes de repartições públicas municipais como prefeituras, câmaras municipais, departamentos de trânsito e das guardas municipais, garagens dos municípios, além de postos de combustíveis e até supermercados.

Capital

Em Fortaleza, um supermercado localizado no bairro Pan-Americano foi atacado na noite de domingo. Bandidos tentaram provocar um incêndio, que foi contido pelos funcionários. Houve muita confusão no local até a chegada da Polícia.

Um dos atentados ocorridos na Capital terminou em confronto da Polícia com criminosos e o saldo foi a morte de dois bandidos. O caso ocorreu no fim da madrugada do domingo (6), quando três bandidos tentaram incendiar a sede de um Juizado Cível e Criminal. Viaturas da PM foram acionadas e na comunidade Luminosa, na Granja Portugal, houve um tiroteio de uma patrulha com os criminosos em fuga em um carro roubado. O veículo acabou se envolvendo em um acidente e no tiroteio dois dos três bandidos foram baleados e mortos. O terceiro conseguiu fugir. UM policial militar sofreu ferimentos em uma das mãos.

Mais atentados

Foram registrados ontem, outros ataques como na Brinquedoteca da cidade de Pacatuba, delegacia do 29º DP (Pajuçara/Maracanaú), depósito do Detran no Conjunto Ceará, agência Bradesco do Distrito de Pecém, em São Gonçalo do Amarante e no Fórum da cidade de Pacoti; além de incêndiso nos Correios do Conjunto José Walter/Capital, no Clube da Votorantim (em Sobral) e em uma estação ambiental no Município de Icapuí, no litoral Leste do estado. Uma embarcação foi incendiada no Rio Ceará, na Barra do Ceará, na zona Oeste de Fortaleza.

Já no começo da manhã desta segunda-feira (7), bandidos praticaram uma sequência de atentados na cidade de Icó (a 375Km de Fortaleza). Um dos alvos foi uma emissora de rádio, a FM Papagaio. Tiros disparados contra a fachada da emissora estilhaçaram as portas de vidro. Os criminosos agiram também contra a Câmara de Vereadores e incendiaram um veículo.

Em Marco, no litoral Norte do Ceará (212Km de Fortaleza), notícias desta manhã dão conta de uma sequência de atentados contra a sede da Prefeitura, agência do Banco do Brasil, posto de Saúde e na loja de atendimento da operadora Enel.

Em Chorozinho, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), bandidos determinaram um “toque de recolher” nesta manhã e o comércio amanheceu de portas fechadas.

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários