JPMotos
Jovem se nega a entregar o carro a assaltantes em Jardim e foi morto com um tiro na cabeça
1 de junho de 2017 às 11:32

Um caso de latrocínio foi registrado por volta das 20 horas desta quarta-feira na estrada carroçável de acesso ao Sítio Campo na zona rural de Jardim. O jovem Antonio Eusébio Neto, de 19 anos, residia no Sítio Canteiro daquele município para onde estava indo na direção de uma Pick up Saveiro de cor branca. Ele trazia um cavalo no reboque procedente do Parque de Vaquejadas de Jardim quando tentaram interceptar o veículo na estrada.

Segundo informações da polícia, eram quatro homens numa moto Honda Bros de cor preta e uma Yamaha YBR os quais já tinham praticado roubos no Sítio Corrente e estavam em fuga. Supostamente, o rapaz quis evitar a abordagem e o assalto quando um dos acusados atirou atingindo Antonio Neto na cabeça. O quarteto fugiu sem a consumação de mais um roubo ao notar que o motorista estava lesionado. Diligências foram feitas por militares do Destacamento de Jardim, mas ninguém foi preso.

Este foi o único homicídio do mês de maio em Jardim e o terceiro de 2017 no município, onde oito pessoas tombaram mortas no decorrer do ano passado. O último deste ano tinha ocorrido na tarde do dia 28 de janeiro quando o mototaxista Mário Morais de Freitas, de 47 anos, o “Mário Mototaxista”, foi executado a tiros. Ele morava no Sítio Cabeça do Negro e pilotava sua moto por uma rua perto do Posto Bela Vista onde terminou surpreendido pelos disparos caindo sobre o veículo.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

466 total views, 2 views today

ComentáriosComentários