JPMotos
Lei que cria “botão do pânico” em agências no Ceará entrou em vigor no dia da tragédia em Milagres
11 de dezembro de 2018 às 15:39
41
Visualizações

Parece coincidência, mas não foi. O governador Camilo Santana (PT) sancionou uma lei que obriga os bancos a reforçar a segurança das agências no mesmo dia em que ocorreu troca de tiros em Milagres,matando seis pessoas inocentes.

O projeto de Lei é de autoria da deputada Aderlânia Noronha (SD).

A Lei nº 16.692 foi sancionada no último dia 7 e determina que instituições financeiras no estado do Ceará disponham de vigilância armada atuando 24 horas por dia, incluindo feriados e fins de semana. Os bancos têm prazo de 90 dias para se adequar.

A Lei sancionada nesta segunda (10), diz ainda que os profissionais devem permanecer dentro das agências em uma cabine que funcionará como espécie de escudo blindado. As instituições deverão instalar um botão de pânico e sirene de alto volume na parte externa.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Felipe Azevedo/ Agência Miséria

ComentáriosComentários