JPMotos
BNB reduz prazo de análise de crédito em projetos de energia solar
11 de fevereiro de 2020 às 04:00
13
Visualizações

O Banco do Nordeste reduziu para dois dias úteis o prazo médio de atendimento a propostas de crédito para projetos residenciais de energia solar no âmbito do FNE Sol pessoa física. Com isso, a instituição promete automação de processos internos de análise e concessão de crédito relativa ao programa. A partir de março, as solicitações de crédito poderão ser via web, através do site oficial do BNB.

Os prazos dos financiamentos do FNE Sol vão até oito anos, incluída carência de até seis meses, com limites de até 100% do valor do investimento, dependendo do porte e localização do cliente, com limite máximo de financiamento de R$ 100  mil. O mutuário paga a parcela do financiamento limitada ao valor da sua conta de energia por um prazo médio inferior a cinco anos. Os equipamentos financiados têm durabilidade de 24 anos.

Energia renovável

Lançado em dezembro de 2018, especificamente para pessoas físicas, o FNE Sol objetiva contribuir para a sustentabilidade ambiental da matriz energética da Região Nordeste, financiando projetos residenciais de energia renovável e contempla micro e minigeradores de energia elétrica, conforme os termos da Resolução Aneel n.º 482/2012 e suas alterações. Em 2019, o BNB contratou R$ 86,3 milhões, correspondentes a mais de 2,8 mil operações. O FNE Sol financia todos os componentes dos sistemas de micro e mini geração de energia elétrica fotovoltaica ou eólica, assim como sua instalação.

Serviço

Para realizar financiamentos nesse segmento, os interessados devem procurar a rede de agências do Banco do Nordeste ou contatar a Central de Relacionamento pelo número 0800 728 3030.

Diário do Nordeste

ComentáriosComentários