JPMotos
Saque imediato de R$ 500 é recomendável em todas as situações
27 de julho de 2019 às 11:28
34
Visualizações

Sacar parte do valor das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) parece uma possibilidade atraente, mas deve ser avaliada cuidadosamente pelos trabalhadores para que, posteriormente, não se arrependam. Levando em consideração apenas o saque imediato de R$ 500, liberado a partir de setembro, tanto para quem está no vermelho como para quem está com as contas em dia, vale a pena efetuar a retirada do dinheiro.

Na modalidade saque-aniversário, porém, pode ser recomendável não efetuar a operação, já que a mudança implica na perda do direito de sacar a totalidade do saldo em demissão sem justa causa. A última pesquisa sobre endividamento em Fortaleza, divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), revela que os débitos da maioria dos consumidores da Capital cearense ficam entre R$ 501 e R$ 1 mil (21%). Outros 17,9% possuem dívidas entre R$ 1.001 e R$ 1.500. Os dados são referentes ao mês de julho.

Para o assessor de investimentos Thomaz Bianchi, mesmo que o valor liberado de R$ 500 por conta, ativa ou inativa, esteja abaixo da média das dívidas do consumidor fortalezense, vale a pena usar o recurso para quitar as contas.

Diário do Nordeste

ComentáriosComentários