JPMotos
Varejo: Vendas no comércio caem em fevereiro de 2017, diz IBGE
13 de abril de 2017 às 06:38

As vendas do comércio varejista brasileiro recuaram 0,2% em fevereiro em comparação com janeiro, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (12). Em relação a fevereiro de 2016, o varejo nacional recuou 3,2%, 23ª taxa negativa consecutiva na base de comparação. No acumulado dos dois meses do ano, o comércio varejista acumula redução de 2,2% e, nos 12 meses, de 5,4%.

Já em relação à receita nominal de vendas, houve alta de 0,4% em fevereiro em comparação ao mesmo período de 2016, de 0,1% em relação a janeiro deste ano, de 2,1% nos dois primeiros meses do ano e de 4,2% nos últimos 12 meses.

Atividades

Houve predomínio de resultados positivos entre as atividades que compõem o varejo em fevereiro. Os cinco segmentos que mostraram avanço foram: móveis e eletrodomésticos (3,8%); tecidos, vestuário e calçados (1,5%); livros, jornais, revistas e papelarias (1,4%); artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (1%); e combustíveis e lubrificantes (0,6%).

Por outro lado, as atividades com taxas negativas foram hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,5%); equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (-1,5%); e outros artigos de uso pessoal e doméstico (-1,8%).

Regiões

Na passagem de janeiro para fevereiro, as vendas recuaram em 11 das 27 unidades da Federação, com os maiores recuos em Mato Grosso (-4,7%), Rio Grande do Sul (-4,4%) e Goiás (-4,2%).

Na comparação com fevereiro de 2016, 21 das 27 unidades da Federação apresentaram resultado negativo, com destaque para Goiás (-15%), Tocantins (-14,9%) e Pará, com -14%. Por outro lado, Mato Grosso do Sul (19,1%) e Santa Catarina (10,6%) registraram avanços no volume de vendas.

Varejo ampliado

O comércio varejista ampliado, que inclui além do varejo as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, registrou resultado positivo em relação ao mês anterior de 1,4% para o volume de vendas e 1% para receita nominal de vendas.

Em relação ao mês de fevereiro do ano anterior, o comércio varejista ampliado apresentou queda de 4,2% para o volume de vendas e de 1,7% na receita nominal de vendas. Houve queda de 2,1% no ano e de 7,5% nos últimos 12 meses, para o volume de vendas, e avanço de 0,8% e recuo de 0,3% para a receita nominal, respectivamente.

uol

140 total views, 1 views today

ComentáriosComentários