JPMotos
Em evento: Meryl Streep responde a Donald Trump: “Eu sou a atriz mais superestimada e condecorada”
14 de fevereiro de 2017 às 09:57

20170213071010_7133_capa

Meryl Streep usou mais uma vez um evento como palco para suas convicções políticas, durante um jantar de arrecadação de fundos para os Direitos Humanos na noite deste sábado (11).

“Se você acha que as pessoas ficaram loucas quando pensaram que o governo estava vindo atrás de suas armas, espere até que venham e tentem tirar a nossa felicidade”, disse Streep (via Variety) em seu discurso ao receber o prêmio Aliada pela Igualdade, em que teceu críticas ao governo de Donald Trump.

“Não vamos voltar aos maus e velhos tempos de ignorância e opressão e de escondermos quem somos”, acrescentou a atriz, sendo ovacionada por dois minutos.

No meio do discurso, algumas lágrimas começaram a escorrer no rosto de Streep e sua voz ficou embargada: “Devemos isso às pessoas que morreram por nossos direitos, e que morreram antes mesmo de terem as suas próprias”.

“Se sobrevivermos a esse momento precário”, continua a atriz, emocionada. “Se o instinto catastrófico [de Trump] de retaliação não nos levar ao inverno nuclear, teremos muito a agradecer ao nosso atual líder, porque ele nos despertará ao ponto de ver o quão frágil é a liberdade”.

A vencedora do Oscar também aproveitou para responder, em tom irônico, aos comentários que Trump fez sobre ela após o Globo de Ouro – o presidente dos EUA chamou Streep de “uma das atrizes mais superestimadas de Hollywood” após receber críticas dela na premiação.

“Eu sou a atriz mais superestimada e a mais supercondecorada – e atualmente – eu sou a atriz mais superrepreendida… da minha geração”.

Fonte: Observatório do Cinema

 

194 total views, 1 views today

ComentáriosComentários