JPMotos
Globo pode ser processada por Mauro Naves após demissão polêmica
16 de julho de 2019 às 09:03
19
Visualizações

O jornalista Mauro Naves pode estar muito perto de processar a Globo. Após 31 anos na emissora, ele foi demitido e acabou demonstrando sua insatisfação.

No Instagram, em sua descrição, estava escrito: “31 anos jogando no único time: Globo“. Agora, a frase foi apagada e ele colocou uma possível “indireta” no lugar.

“Com a consciência limpa e em busca de novos desafios! Deus no comando!“, diz a bio do jornalista, cujo contrato se encerraria apenas no final de 2021.

Ele, porém, foi afastado após repassar o contato do pai de Neymar Jr para o advogado de Najila Trindade. A situação foi parar nos ouvidos da Globo e ele foi punido.

De acordo com a jornalista Keila Jimenez, ele agora negocia com outras emissoras, tanto abertas quanto pagas, e poderá mover uma ação contra o canal carioca.
Esposa de Mauro Naves quebra o silêncio sobre afastamento do marido

Diante da polêmica acusação de uma mulher contra o jogador Neymar Jr, a situação respingou no jornalista Mauro Naves, que foi afastado da Globo como forma de punição. Isso porque ele passou o número do telefone do pai do atleta para o advogado de acusação da moça.

A notícia do afastamento foi dada ao vivo no “Jornal Nacional”. Alguns dias após o ocorrido, a esposa do jornalista, a atriz Patrícia Naves deu uma entrevista ao “TV Fama” falando sobre a situação.

“Para mim é muito difícil falar. Acho que ninguém deveria passar o que o Mauro está passando. Eu preferiria não falar, mas não posso. A dor que todos nós da família estamos passando, não desejaria ao meu pior inimigo. Tenho certeza que Deus é maior que tudo“, desabafou.

Na mesma entrevista, Patrícia colocou Mauro Naves no lugar da vítima. “O meu marido é um homem sério, 32 anos de profissão dedicados ao trabalho, de um coração enorme. Estou chocada com a repercussão que isso tomou em função de uma pessoa que simplesmente não fez nada“, disse.

Para a atriz, a atitude dele não foi mal intencionada. “Forneceu a partir do momento em que ele ligou para o pai do Neymar e perguntou se poderia dar o telefone. Qual o problema de você dar um telefone de uma pessoa com autorização da outra?“, questionou.

Terra

ComentáriosComentários