JPMotos
Almirante Barroso vence o Avaí na capital e leva luta contra degola para última rodada
16 de abril de 2017 às 07:05

O Almirante Barroso surpreendeu na tarde deste sábado (15) e venceu o Avaí fora de casa por 1 a 0. O gol da partida foi marcado pelo experiente Schwenck em cobrança de falta precisa no primeiro tempo de partida. Com a vitória, o Almirante tem disputa contra Inter de Lages e Metropolitano pela permanência na Série A do Campeonato Catarinense em 2018. A rodada decisiva ocorre no próximo domingo (23).

A derrota foi a segunda do Avaí na Ressacada no Catarinense. Com a perda, o Avaí não alcança mais a Chapecoense na campanha geral e o Verdão do Oeste se sagrou campeão do segundo turno. Avaí e Chapecoense vão decidir o título do Campeonato Catarinense em dois jogos finais. O primeiro será na Ressacada e o segundo será em Chapecó, na Arena Condá.

Avaí tem mais oportunidades, mas Almirante sai na frente

O Avaí recebeu o Almirante Barroso e esteve melhor na etapa inicial. Aos 8 minutos, Leandro Silva arriscou de longe, de primeira, e a bola passou próxima da meta. Só aos 18′, uma nova oportunidade boa para os avaianos. Em falta perto da área, o camisa 10 Marquinhos cobrou, buscou cabeçada de Alemão, mas a bola passou por ele e se perdeu novamente pela linha de fundo.

Aos 22 minutos, o visitante surpreendeu e fez 1 a 0. Gol de falta em belíssima cobrança do experiente Schwenck e abertura do placar no estádio da Ressacada para o Almirante Barroso. A ausência do atacante Denilson era o principal problema para o time do técnico Claudinei Oliveira e os avaianos precisavam da reação em busca do empate.

No minuto seguinte ao tento sofrido, Marquinhos resolveu arriscar a gol e mandou a bola próxima da trave mais uma vez. Outra chance nascia aos 30 minutos da etapa inicial. Cruzamento do lateral Capa, cabeçada do atacante Junior Dutra e a bola foi-se pela linha de fundo em nova criação e desperdício avaiano.

Apesar das chegadas, o ímpeto era pouco pela necessidade do Avaí de virar a partida. O Almirante Barroso, eficiente na chance que teve nas proximidades da área, saiu para o intervalo de partida com a vantagem de 1 a 0 a seu favor.

Avaianos pressionam, mas vitória importante é garantida pelo Almirante Barroso

O Avaí iniciou a etapa complementar com bastante vontade de igualar o placar. O time de Florianópolis estava completamente inserido no campo ofensivo, adiantando suas linhas e tentando a pressão. Porém, sobravam espaços e o Almirante Barroso quase ampliou. Aos 10 minutos, o autor do gol Schwenck teve chance na área, chutou rasteiro e Koslinski defendeu firme no centro da meta.

O time do Barroso recuou para segurar o resultado. A vitória era muito importante para seguir vivo contra o rebaixamento na última rodada do Catarinense. O Avaí mudou com as entradas de Caio César e Vinicius Pacheco nos lugares de Marquinhos e Judson. Uma grande chance veio em levantamento e finalização que pegou no travessão. Na sequência, outro grande lance que obrigou ao goleiro Rodolfo a jogar para escanteio aos 20 minutos.

Lourenço teve grande chance de empatar a partida, saiu cara a cara com o goleiro Rodolfo, mas chutou para fora de maneira inacreditável. Como a missão de tirar a diferença para Chapecoense se mostrou impossível, o Avaí levou em consideração que a última rodada tem pouco valor e resolveu forçar cartões para evitar suspensões na final. Alemão, Betão, Luan e Capa, que estavam pendurados com dois cartões, receberam o terceiro cartão amarelo para ficarem de fora da última rodada de classificação.

Mesmo com o acréscimo do jogo até os 49 minutos, o Avaí não fez o suficiente para igualar a partida e conheceu sua segunda derrota em casa no Campeonato Catarinense. Alguns torcedores presentes protestaram pela perda em casa. A última rodada do Avaí no segundo turno é fora de casa contra o Inter de Lages. Após, a final contra a Chapecoense tem o jogo na Ressacada e a partida de volta em Chapecó.

Vavel

114 total views, 1 views today

ComentáriosComentários