JPMotos
Após empate, Lisca esbraveja contra a arbitragem: “erro grotesco”
28 de março de 2019 às 04:33
26
Visualizações

O Ceará suou para empatar com o Floresta em 2 a 2 na noite de quarta-feira pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Cearense. E o técnico do Vovô, Lisca, esbravejou contra a arbitragem de César Magalhães, afirmando que o clube deve pedir árbitro de fora para a sequência do Estadual, ou seja, para o jogo de volta, no dia 10 de abril, no Castelão, que vale vaga na decisão. O Ceará jogará pelo empate por ter melhor campanha ao longo do certame que o Floresta

“Aos 40 minutos teve o erro grotesco do César. Ele precisa se reciclar, não consegue apitar. Ele sabe que errou no primeiro gol do Floresta e depois deixou de dar muitas faltas para eles. O Fortaleza já pediu árbitro de fora e infelizmente o Ceará vai ter que pedir também. Não dá. O lance da mão foi muito capital, eles acabaram fazendo um gol”.

Em seguida, o técnico do Ceará destacou a reação da equipe para buscar o empate, elogiando os jogadores mesmo com todo o desgaste.
“Dois a zero ficou um placar muito difícil, e fomos na superação, na raça e conseguimos o empate e manter a vantagem. Não esperávamos sair perdendo assim de dois gols, mas buscamos o resultado, que ficou bem positivo, pelas circustâncias da partida, pelo que não fizemos e pela qualidade do adversário. Quero agradecer aos jogadores, pois é o nosso 19º jogo, 5º time que nos espera a semana toda, foi assim com o Fortaleza, Santa Cruz, Floresta, Corinthians, vai ser assim contra o Salgueiro. Então realmente tenho que parabelizar, e repensar na estratégia do revezamento de jogadores”.

Diário do Nordeste

ComentáriosComentários