JPMotos
Atlético joga bem, sai na frente, mas cede o empate no fim do jogo para o Campinense.
9 de Fevereiro de 2018 às 13:08
22
Visualizações

Em um jogo com dois tempos bem distintos, Atlético de Cajazeiras e Campinense ficaram no empate em 1 a 1 na noite desta quinta-feira, no Amigão, na abertura da sétima rodada do Campeonato Paraibano. O resultado acabou sendo melhor para a Raposa em sua segunda partida seguida longe de Campina – principalmente porque saiu atrás do placar. Depois de uma primeira etapa sonolenta, a partida ganhou contornos emocionantes no segundo tempo, com várias chances de gol. O Atlético marcou primeiro com Jó Boy, enquanto a Raposa foi buscar o empate com William Goiano. O resultado coloca o Campinense com três pontos à frente do Nacional de Patos, e um saldo bem melhor (10 a 4). Assim, deve se manter na liderança por mais uma rodada, já que o Naça só entra em campo no sábado, contra o Treze.

Os primeiros 45 minutos no Perpetão foram difíceis de acompanhar. O jogo foi ruim, praticamente sem chances de gol – a única bola que foi em diireção à meta, Jéferson (do Campinense) fez a defesa. Fora isso, a partida ficou truncada no meio-campo, com as defesas levando grande vantagem sobre o ataque. O Atlético estreando o treinador Adelmo Soares apostou numa formação diferente, com Duílio e Mosquito no ataque. No entanto, a sonhada mobilidade não funcionou, especialmente porque Cleitinho estava numa noite discreta. Do lado da Raposa, a sua principal jogada – o avanço de Alex Murici – também não fluía com naturalidade. Ou seja, o empate sem gols acabou sendo justo para o que (não) fizeram os dois times em campo.
destaque

SEGUNDO TEMPO: EMOÇÃO E GOLS

Tudo mudou na segunda etapa. Precisando da vitória para voltar à zona de classificação, o Atlético veio logo com duas mudanças: Jorge Mauá e Jó Boy. Deu certo. O time melhorou e começou a criar as oportunidades que não teve nos primeiros 45 minutos. Ainda assim o gol demorou a sair. Só aos 28, numa jogada de velocidade, é que a torcida do Trovão pôde comemorar. Jorge Mauá ganhou na velocidade da defesa do Campinense e chutou cruzado. A bola explodiu no travessão e, na volta, Jó Boy só teve o trabalho de completar para as redes. Depois disso o Campinense acordou. E correu atrás do prejuízo. A pressão já era grande quando saiu o gol de empate. Numa jogada ensaiada, Alex Murici cobrou uma falta para Thiago Potiguar. O atacante cruzou para a área e William Goiano, depois de duas tentativas, deixou tudo igual aos 39 minutos. Os dois times se revezaram em ataques buscando a vitória, mas prevaleceu o empate.

PRÓXIMOS JOGOS

Agora tem a pausa de carnaval para os dois times. O próximo jogo do Campinense só no domingo (18), quando enfrenta o CSP,  mais uma vez fora de casa. Já o Atlético tem pela frente o clássico contra o Sousa, no mesmo dia, no Perpetão.

Angelo Lima

ComentáriosComentários