JPMotos
Brasileirão: Para Flu, novo jogo contra o Corinthians ganha clima de decisão
24 de setembro de 2016 às 07:58
1
Visualizações

20160923164537_6276_capa

Fluminense e Corinthians se enfrentam neste domingo (25) pelo Campeonato Brasileiro ainda quentes do duelo na última quarta (21) pela Copa do Brasil. A polêmica arbitragem de Rodolpho Toski Marques exacerbou os ânimos de jogadores, que, assim como os clubes, trocaram farpas no pós-jogo. Além disso, a partida ainda é decisiva na luta por uma vaga na Libertadores de 2017.

O Fluminense só fala de arbitragem desde o apito final. Foi assim com os atletas na saída de campo, com o presidente Peter Siemsen e o técnico Levir Culpi na coletiva pós-jogo e na última quinta-feira, no desembarque no Rio com o diretor executivo Jorge Macedo.

O Fluminense, inclusive, entrará com uma representação na CBF (Confederação Brasileira de Futebol). O clube reclama que para a partida decisiva a entidade deveria ter escolhido um árbitro mais experiente e não ter corrido o risco como ocorreu.

“É inadmissível em um jogo do porte de quartas de final de Copa do Brasil um árbitro com muito pouca experiência, e cometer todos aqueles erros. Já não é de hoje que o Fluminense está sendo prejudicado, principalmente em jogos contra o Corinthians. Ano passado já tinha sido contra o Palmeiras também. São três anos seguidos que vamos jogar em Itaquera e acontece isso. Desde o fim do jogo o clube está se mobilizando para que isso não se repita”, disse Jorge Macedo.

As fortes reclamações por parte do Fluminense geraram respostas do outro lado. O lateral Fagner, por exemplo, deixou claro que o adversário não tinha razão na revolta. “O Corinthians ganhou na bola e eles estão falando demais também”, disse rapidamente na zona mista ao Fox Sports.

Em clima quente, Fluminense e Corinthians se enfrentam neste domingo (25), às 16h, em Itaquera. Com 41 pontos, o alvinegro ocupa a quinta colocação. Já o Fluminense, com 40, é o sexto.

Fonte:folhapress

ComentáriosComentários