JPMotos
Copa já teve oito pênaltis em 14 jogos; recorde em um dia é de 1998
18 de junho de 2018 às 17:33
27
Visualizações

ACopa da Rússia vem sendo o Mundial do pênaltis. Mas nem todos convertidos. Até agora, em 14 partidas, foram oito penalidades marcadas pelos árbitros. É bem verdade que o auxílio do vídeo tem ajudado.

A primeira que o VAR foi utilizado em uma Copa, no último sábado, foi justamente para anotar uma penalidade, convertida por Griezmann, na vitória da França sobre a Austrália por 2 a 1.

E foi no sábado o dia com o maior número de pênaltis: cinco em quatro jogos, mas apenas três convertidos. E se você acha que esse número é um recorde, engana-se.

Na Copa de 1998, na França, durante a terceira rodada, o dia 24 de junho foi marcado pelos jogos com número excessivo de pênaltis. Em França 2 x 1 Dinamarca, Pierluigi Collina marcou um para cada lado. Em África do Sul 2 x 2 Arábia Saudida, Mario Sánchez marcou um para os sul-africanos, dois para os sauditas. Para completar, na vitória da Espanha sobre a Bulgária por 6 a 1, o primeiro gol do jogo também foi de pênalti, convertido por Hierro, hoje treinador da seleção espanhola. Foram seis penalidades em quatro jogos, todas convertidas em gol.

DESPERDIÇADAS

Com os erros de Cueva, para o Peru, e Messi, para a Argentina, a Copa de 2018 já conta com mais pênaltis desperdiçados que o Mundial de 2014, no Brasil, quando só Benzema errou para a França, na vitória por 5 a 2 sobre a Suíça.

CONVERTIDOS

Neste Mundial, seis cobradores converteram suas cobranças. Confira a lista:

Cristiano Ronaldo para Portugal;

Griezmann para a França;

Jedinak para a Austrália;

Modric para a Croácia

Granqvist para a Suécia;

Sassi para a Tunísia.

Noticiasaominuto

ComentáriosComentários