JPMotos
Corinthians e Flamengo avançam na Copa do Brasil e se enfrentam na semifinal
16 de agosto de 2018 às 08:32
17
Visualizações

Sem correr riscos e com direito a um lindo gol de falta de Jadson, o Corinthians segurou a Chapecoense na Arena Condá, ganhou por 1 a 0 (mesmo placar do jogo de ida) e garantiu vaga na semifinal da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, 15. Agora o time paulista vai encarar o Flamengo, que eliminou o Grêmio no Maracanã, também nesta noite.

Pouco antes do início da partida, o meia Pedrinho sentiu dores no tornozelo durante o aquecimento do time e acabou saindo, dando lugar ao veterano Emerson Sheik. Já no time catarinense, o artilheiro Wellington Paulista se recuperou de lesão e entrou como titular no ataque.

A proposta do Corinthians era bem clara desde o início: não iria partir para cima e se defenderia para contra-atacar. Mas a Chapecoense também não tinha criatividade e mobilidade na frente para tentar furar o bloqueio e pouco fez para incomodar os visitantes, que deixavam o tempo passar.

Tanto que no primeiro tempo as chances foram raras e só quem trabalhou foi o goleiro Jandrei, que espalmou logo no começo uma cabeçada de Romero. Em outro lance, ele também defendeu o chute de Jadson, de fora da área, mandando para escanteio.

Do outro lado, as melhores chances eram nas jogadas de bola parada. Aos 26, Canteros levantou na área e Rafael Thyere marcou, mas logo o auxiliar anotou impedimento. Para não deixar dúvida, o juiz Leandro Vuaden pediu ajuda do VAR (árbitro de vídeo), que confirmou a posição irregular e a marcação correta.

Na etapa final, a Chapecoense sabia que precisava mudar sua postura e se expor mais. Teve mais posse de bola e insistiu, mas não conseguia penetrar na defesa rival. O Corinthians se contentava com alguns chutes de média distância, que levavam perigo, e evitava oferecer espaço para os donos da casa.

A partir da metade do segundo tempo, o técnico Guto Ferreira mexeu no time e foi em busca do gol que evitaria a eliminação e levaria o confronto para os pênaltis. Mas o Corinthians manteve sua eficiência na defesa e ainda conseguiu um gol com Jadson, que numa linda cobrança de falta da esquerda mandou no ângulo, garantindo a vaga para a semifinal.

Flamengo

O resultado do jogo do Flamengo refletiu o que aconteceu em campo. O time dirigido por Mauricio Barbieri se aproveitou de uma falha da defesa gremista para sair na frente do marcador e depois soube administrar a vantagem. Já o Grêmio se desarvorou ao sofrer um gol logo no início de partida e não conseguiu mais se encontrar em campo, apesar das mudanças feitas na equipe pelo técnico Renato Gaúcho.

O Flamengo começou a partida fazendo pressão e não deixando o Grêmio ter liberdade para sair jogando. A marcação se mostrou eficiente logo aos quatro minutos quando a equipe rubro-negra marcou o primeiro gol. Vitinho cruzou, Cortez tentou afastar, mas errou de forma grotesca e a bola sobrou para Lucas Paquetá que ajeitou para Éverton Ribeiro bater de perna direita e inaugurar o marcador.

Em desvantagem, o Grêmio passou a adiantar seus jogadores para tentar chegar na área rubro-negra com mais facilidade, mas o Flamengo marcava bem e não dava espaço aos gaúchos.

Depois de marcar o primeiro gol, o Flamengo passou a atrair o adversário para seu campo na tentativa de sair em velocidade. Já o Grêmio, surpreendido com o gol, tentava pressionar, mas não conseguia se aproximar do gol defendido por Diego Alves em condições de concluir.

Fonte: Placar

ComentáriosComentários