JPMotos
Corinthians se irrita com a Ponte e pressiona por não escalação de Pottker 30
8 de fevereiro de 2017 às 12:16

20170208081523_2752_capa

A decisão da Ponte Preta em relacionar Willian Pottker para a Copa do Brasil causou irritação no Corinthians, que prepara desde a última semana o contrato de compra do atacante. Nesse momento, a direção corintiana pressiona a Ponte a desistir da escalação de Pottker para a partida contra o Campinense, quarta-feira.

Nos bastidores, depois do presidente Roberto de Andrade ser pressionado para tomar uma posição, o Corinthians ameaçou até desistir da negociação com a Ponte Preta, mas ainda não houve comunicação oficial entre as partes nesse sentido.

A Ponte, até o momento, mantém a posição de que Pottker está relacionado para atuar na Paraíba, onde acompanha a delegação de sua equipe nesta terça. O próprio jogador afirmou no último domingo que não daria menos que 100% de suas possibilidades pelo clube que defende antes da transferência para o Corinthians, o que sinalizou para a direção ponte-pretana que ele quer atuar na Copa do Brasil.

Na avaliação dos dirigentes corintianos, o acordo era de que Willian Pottker poderia atuar apenas no Campeonato Paulista e se transferir para o Corinthians logo após o Estadual. O clube concordou em pagar cerca de R$ 7 milhões pela compra do atacante, além de emprestar o atacante Lucca e o zagueiro Yago para a Ponte Preta.

Porém, caso Pottker atue na Copa do Brasil, ficaria com apenas duas das quatro competições do ano à disposição do Corinthians: o Brasileirão e a Copa Sul-Americana, que por sinal também terá a participação da Ponte Preta.

No último sábado, o diretor de futebol Flávio Adauto foi perguntado sobre a situação de Pottker e a Copa do Brasil e não soube responder se as partes conversavam em relação a essa possibilidade.

uol

158 total views, 1 views today

ComentáriosComentários