JPMotos
Corintianos que ameaçaram juíza do Rio são presos em São Paulo
8 de novembro de 2016 às 09:59

20161108084020_2062_capa

O cerco está cada vez mais fechado para os corintianos que estiveram ou estão envolvidos na briga com policiais militares do Rio de Janeiro, ocorrida na partida contra o Flamengo, no Maracanã, dia 23 de outubro. Após a prisão preventiva de 31 suspeitos, uma parte dos torcedores ameaçou de morte a juíza Marcela Assad Caram, responsável pelo pedido de reclusão.

Na manhã desta terça-feira, segundo o Uol, a polícia paulista foi às ruas para cumprir 21 mandatos de busca e apreensão e dez de prisão temporária na Grande São Paulo e na Baixada Santista – até o momento, quatro foram presos.

“São torcedores de organizadas e também torcedores comuns. As diligências estão sendo feitas e mais pessoas poderão ser detidas. Esse procedimento foi possível graças à ação das polícias de São Paulo e Rio de Janeiro”, disse ao portal a delegada Margarete Barreto, titular da Drade (Delegacia de Repressão e Análise aos Delitos de Intolerância Esportiva).

estadao

141 total views, 1 views today

ComentáriosComentários