JPMotos
Criciúma supera retranca do Oeste, mas cede empate no final
19 de agosto de 2017 às 07:00

Sonhando em colar na briga por uma vaga no G4, o Criciúma não decepcionou sua torcida na noite desta sexta-feira. Recebendo o Oeste no Heriberto Hulse, o Tigre não saiu do 1 a 1 contra o rival, em partida válida pela 21ª Rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e chegou ao segundo empate seguido na competição.

O Oeste viajou para o interior de Santa Catarina com uma proposta bem clara: concentrar a equipe no campo defensivo e minar qualquer chance que poderia ser criada pelos adversários. Justamente por isso, o Criciúma sofreu para chegar ao gol no primeiro tempo e, após ter melhorado na etapa complementar, conseguiu abrir o placar. Porém, com a mudança de postura da equipe visitante, que precisou correr atrás do empate, acabou cedendo o empate nos últimos minutos.

Com o resultado, o Criciúma terá de correr atrás do prejuízo na próxima terça-feira, contra o América-MG, líder do campeonato, às 21h30 (de Brasília), na Arena Independência. Já o Oeste, que aparece na 12ª colocação, tentará seguir se afastando da parte de baixo da tabela no próximo sábado, na Arena Barueri, contra o Boa Esporte, às 16h30.

Criciúma sofreu para fazer o gol e não conseguiu segurar a vantagem (Foto: Divulgação)

O jogo – O grande desafio do Criciúma no primeiro tempo foi romper as linhas de marcação do Oeste. Ciente da necessidade de evitar um novo resultado negativo na Série B, a equipe paulista permaneceu retrancada durante os 45 minutos e impôs muitas dificuldades ao ataque dos donos da casa. Ainda assim, o Tigre conseguiu chegar com perigo aos 11 minutos. Em boa trama envolvendo Caio Rangel e Maicon silva, Lucão tentou completar o cruzamento pela direita, porém, acabou não chegando a tempo e tocando na bola sem muita força.

Apostando no contra-ataque, o Oeste também pouco criou na primeira etapa. Aos 15 minutos, o time deu uma amostra do que pretendia no jogo e em jogada rápida, Mazinho é acionado. O que o meia não esperava era estar em condição irregular, fato que foi confirmado pelo juiz, frustrando os planos dos visitantes.

O confronto seguiu morno e com poucas brechas. Aos 22 minutos, Caio Rangel apareceu com perigo novamente, desta vez recebendo na ponta direita, cortando para o meio e arriscando da entrada da área, porém, a bola passou longe do gol. Antes do apito final o Oeste respondeu, aos 32 minutos, com Gabriel Vasconcelos, que tebaleou com Mazinho e finalizou de bico, mandando à esquerda do goleiro Luiz.

Fique por dentro do mundo do esporte!

ATIVAR ALERTAS

Se o Criciúma pouco criou no primeiro tempo, na etapa complementar o time não demorou muito para chegar próximo de balançar as redes. Logo no primeiro minuto Silvinho passou de primeira para Alex Maranhão, que invadiu a área e tocou por cima na saída do goleiro, mandando para fora.

O Tigre, enfim, conseguiu quebrar a retranca aos 20 minutos, em cobrança de falta. Silvinho rolou a bola, e Diego Giaretta soltou uma bomba em direção ao gol. A bola ainda desviou na barreira antes de estufar as redes, acabando com qualquer chance de defesa do goleiro, que já estava do outro lado da meta quando houve a mudança de direção da bola.

Atrás no placar, o Oeste teve que mudar completamente sua proposta de jogo. Se antes o time estava se segurando na defesa, depois do gol do Criciúma os rubro-negros foram para o ataque e quase igualaram o marcador aos 25 minutos com Gabriel Vasconcelos, que entrou na área, bateu cruzado, mas mandou para fora, tirando tinta da trave. Sem deixar barato, o Tigre respondeu cinco minutos depois, carimbando o travessão em cabeçada de João Henrique, que tinha acabado de entrar no jogo.

Com as alterações do técnico Roberto Cavalo, o Oeste ia se aproximando cada vez mais do gol, até que, enfim, chegou ao empate. Aos 38 minutos, aproveitando a falha de Barreto na saída de bola, Robert recebeu na ponta esquerda e cruzou rasteiro para a área, encontrando Mazinho, que precisou apenas completar para o gol e sair para o abraço. Daí em diante nada mais foi criado e ambas as equipes tiveram de se contentar com o empate.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 1 X 1 OESTE

Local: Estádio Heriberto Hulse, Criciúma (SC)
Data: sexta-feira, 18 de agosto
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Adriano Milczvski (PR)
Assistentes: Pedro Martinelli Christino (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)

Cartões amarelos: Wilson Matias (Oeste)
Gols: Diego Giaretta, aos 20 minutos do 2ºT (Criciúma); Mazinho, aos 38 minutos do 2ºT (Oeste)

CRICIÚMA: Luiz; Maicon Silva, Nino, Édson Borges e Diego Giaretta; Barreto, Ricardinho e Alex Maranhão (Erick Flores); Caio Rangel (João Henrique), Lucão e Silvinho (Alisson Farias)
Técnico: Luiz Carlos Winck

OESTE: Rodolfo; Daniel Borges, Joilson, Leandro Amaro e Guilherme Romão; Lídio (Raphael Luz), Betinho, Wilson Matias (Robert) e Mazinho; Danielzinho (André Vinícius) e Gabriel Vasconcelos
Técnico: Roberto Cavalo

Gazeta Esportiva

95 total views, 3 views today

ComentáriosComentários