JPMotos
Definição: Sem rumo, Corinthians tenta definir técnico até quinta-feira
20 de dezembro de 2016 às 13:04
27
Visualizações

20161220083036_1656_capa

Assim como aconteceu depois da saída de Tite, a diretoria do Corinthians tem enfrentado muitas dificuldades para contratar um técnico e, na segunda-feira, praticamente voltou à estaca zero na busca pelo substituto de Oswaldo de Oliveira. Jair Ventura, primeiro nome da lista, renovou por mais dois anos com o Botafogo.

Após demitir Oswaldo, o clube prometeu ir atrás de um treinador experiente e vencedor e descartou um estrangeiro. Mas fez justamente o contrário. Procurou Jair Ventura, que tinha apenas quatro meses de trabalho como técnico no Botafogo, e, pouco depois, sondou Reinaldo Rueda, do Atlético Nacional, de Medellín. O treinador colombiano, porém, deverá renovar contrato com o campeão da Copa Libertadores e, após isso, se afastar por dois meses para passar por uma cirurgia no quadril.

O fato é que no momento o Corinthians não tem um foco na busca pelo técnico que vai comandar o time em 2017. Alguns nomes são comentados no clube, mas nenhum deles é unanimidade. Fernando Diniz, que talvez seja a opção com a menor rejeição, até o momento não foi procurado oficialmente por ninguém do clube.

Guto Ferreira, Vanderlei Luxemburgo e Paulo Autuori foram especulados, mas, segundo Flávio Adauto, diretor de futebol, estão descartados. Os nomes de Jorginho e Marcelo Oliveira, que estavam no Vasco e Atlético-MG, respectivamente, ganharam força nos últimos dias.

A intenção do presidente do clube, Roberto de Andrade, é definir o técnico até quinta-feira, data em que o dirigente tem marcada uma viagem para os Estados Unidos. Além disso, sem o novo treinador, os dirigentes decidiram pisar no freio em relação aos reforços para 2017. As negociações estão paralisadas neste momento.

estadao

ComentáriosComentários