JPMotos
Em jogo de poucas emoções, Botafogo e Vitória empatam no Engenhão
28 de maio de 2018 às 08:16
21
Visualizações

Moisés (D), jogador do Botafogo-RJ, durante partida contra o Vitória, válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2018.

Botafogo recebeu o Vitória no estádio Nilton Santos na tarde deste domingo, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Em jogo de baixo nível técnico e raros momentos de emoção, o placar terminou empatado em 1 a 1, com os dois gols do jogo convertidos no primeiro tempo. O Vitória saiu na frente com Denilson, aos 38, e o Bota empatou aos 43, com Kieza.

O empate não foi bom para nenhuma das duas equipes, que buscavam uma aproximação com o G6 e continuam pelo meio da tabela da competição. O Botafogo aparece em décimo segundo lugar, com nove pontos, e o Vitória duas posições atrás, com oito.

Botafogo e Vitória volta a campo na próxima quarta-feira à noite, pela oitava rodada do Brasileirão. Desta vez serão os baianos que jogarão em casa, diante do Internacional, no Barradão. O Botafogo viaja até São Paulo, onde encara o Tricolor Paulista no Morumbi.

O Jogo

O primeiro tempo de Botafogo e Vitória foi morno. Os baianos adotaram uma postura mais defensiva e se postaram atrás da linha da bola. Com uma formação de três volantes, o Botafogo, por sua vez, mantinha a posse de bola mas tinha muita dificuldade na criação de jogadas, e abusava dos lançamentos longos na tentativa de furar o bloqueio adversário.

Faltaram lances de perigo, e os dois goleiros pouco trabalharam, pelo menos até quase o final da etapa. Aos 38 minutos, uma lambança da defesa do Botafogo levou ao primeiro gol Rubro-negro. O volante Bochecha recuou do grande círculo para Jefferson, que, pressionado por Denilson, tocou na lateral direita para Marcinho. O lateral bobeou e Neilton roubou a bola, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para Denilson marcar de carrinho.

O goleiro Alvinegro se redimiu cinco minutos depois. Em outro recuo do meio campo, Jefferson pegou de primeira e deu um chutão que alcançou a intermediária do Vitória, atrás da linha de zaga. Kieza partiu em velocidade, tocou na frente de cabeça, ganhou do zagueiro, invadiu a área e tocou no canto esquerdo de Elias. Tudo igual no Nilton Santos.

O Fogão ainda teve a chance da virada antes do apito final da primeira etapa. Aos 46, contra-ataque rápido, João Pedro acionou Luiz Fernando na direita. Da intermediária, o meia arriscou de longe e a bola passou perto do travessão do Vitória.

O Botafogo voltou para o segundo tempo com uma alteração que mexeu no esquema da equipe. O técnico Alberto Valentim abandonou a formação com três volantes e sacou Gustavo Bochecha para a entrada do atacante Aguirre. Logo aos dois minutos, a troca quase deu certo. O uruguaio trabalhou pelo meio e abriu na direita para João Pedro. O meia se livrou de dois marcadores, foi ao fundo e cruzou rasteiro para Kieza, mas antes que o atacante concluísse para o gol, Ramon se antecipou e mandou para escanteio.

Aos 11, Aguirre brigou pela bola no meio de campo, levou vantagem e partiu em velocidade. Da intermediária, ele arriscou de longe e obrigou Elias a se esticar para fazer a defesa. O goleiro espalmou e, pressionado, conseguiu completar a defesa.

O Botafogo passou a dominar completamente a partida, e o Vitória focou cada vez mais em segurar o resultado. Aos 23, Matheus Fernandes dominou na intermediária e, livre de marcação, soltou a bomba. A bola passou perto do travessão.

A pressão alvinegra aumentou nos minutos finais. Aos 37, Lindoso perdeu a melhor chance da segunda etapa. Marcinho cruzou da direita e a defesa afastou. Leo Valencia recebeu na direita, foi a linha de fundo e cruzou. A bola ainda tocou em dois alvinegros antes de chegar para Rodrigo Lindoso na pequena área, mas o volante errou a conclusão e mandou para fora.

Os mesmos personagens protagonizaram outro lance de perigo aos 40. Leo Valencia cruzou pelo alto, Lindoso cabeceou e Elias defendeu.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ 1 X 1 VITÓRIA-BA

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 27 de maio de 2018 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Cartões amarelos: Matheus Fernandes (Bota); Rhayner, Jeferson, Neilton, Yago (Vitória)
Gols:
BOTAFOGO: Kieza, aos 43 min do 1º tempo
VITÓRIA: Denilson, aos 38 min do 1º tempo

BOTAFOGO: Jéfferson, Marcinho, Yago, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Gustavo Bochecha (Aguirre), João Pedro (Ezequiel) e Luiz Fernando (Leonardo Valencia); Kieza
Técnico: Alberto Valentim

VITÓRIA: Elias, Lucas, Ramon, Aderllan e Jeferson; José Welison, Rodrigo Andrade, Rhayner (Lucas Fernandes) e Wallyson (André Lima); Neilton e Denilson (Yago)
Técnico: Vágner Mancini

Gazeta Esportiva

ComentáriosComentários