JPMotos
Fla libera, e Cirino recebe oferta de R$ 1,8 milhão do Inter
23 de janeiro de 2017 às 09:37

20170123080049_7002_capa

Em reunião com representantes do grupo Doyen, o Inter oficializou uma oferta de R$ 1,8 milhão para comprar 20% dos direitos econômicos do atacante Marcelo Cirino.

Fora dos planos do Flamengo, ele chegou a ser utilizado pelo técnico Zé Ricardo no amistoso com o Vila Nova-GO no último sábado, mas está liberado em comum acordo para procurar um novo clube. A princípio, a Doyen deu o OK à sua ida para o Beira Rio nesta temporada. Falta agora o aval do Atlético-PR, com quem tem contrato até o final de 2019.

Até aqui, conforme apurado pelo ESPN.com.br, o seu estafe não recebeu o sinal para negociar as suas bases salariais.

Ele tem interesse na transferência, no entanto.

Existia insatisfação primeiro com o empresário Renato Duprat, representante do fundo de investimentos e que travava as conversas. Resolvida essa pendência, falta a parte considerada mais difícil, com o presidente do Conselho Deliberativo do rubro-negro paranaense, Mario Celso Petraglia.

O Atlético-PR e a Doyen são donos de 50% dos direitos econômicos de Marcelo Cirino, cada.

A expectativa é de que o desfecho da negociação ocorra nesta semana.

“Não comento sobre nomes, é um grande atleta, mas, para respeitar todas as questões envolvendo o assunto, a gente guarda com reserva pra que elas não possam ser prejudicadas”, afirmou o presidente colorado Marcelo Medeiros.

O Flamengo teve o auxílio do fundo para trazer Cirino em 2014. Na ocasião, ficou acertado que o clube precisará pagar R$ 16 milhões ao grupo caso não consiga vender o atleta antes de janeiro de 2018. Se conseguir, o Fla fica com 20% da negociação, o restante vai para a empresa.

uol

35 total views, 2 views today

ComentáriosComentários