JPMotos
Flamengo atropela Palmeiras no Maracanã e volta à liderança
2 de setembro de 2019 às 08:52
6
Visualizações

Com o estádio do Maracanã lotado, o Flamengo dominou e venceu com facilidade o Palmeiras por 3 a 0 neste domingo (1°), retomando a liderança do Campeonato Brasileiro. O time alviverde completou sua sétima rodada consecutiva sem vencer no torneio.

Flamengo e Santos contabilizam os mesmos 36 pontos ganhos e 11 vitórias, mas a equipe rubro-negra leva vantagem no saldo de gols (20 x 12). O Palmeiras segue com 30 pontos e figura no quarto posto, mas ainda pode cair na tabela, uma vez que o Corinthians (28) ainda recebe o Atlético-MG (27) às 19 horas (de Brasília).

Pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo volta a campo para enfrentar o lanterna Avaí às 17 horas (de Brasília) de sábado, no Estádio Mané Garrincha, já que o time catarinense vendeu seu mando. Às 21 horas do mesmo dia, no Serra Dourada, o Palmeiras encara o Goiás.

O Jogo

Logo no começo da partida, Matheus Fernandes chegou a marcar para o Palmeiras, mas o árbitro, orientado pelo VAR, assinalou impedimento de Willian. Aos 10 minutos do primeiro tempo, Gabriel recebeu livre na cara de Weverton e tocou com categoria na saída do goleiro para abrir o placar.

O Flamengo tomou conta do jogo e, sem correr riscos no campo de defesa, aumentou aos 37 minutos do primeiro tempo. Bruno Henrique desceu sozinho pela direita e cruzou na segunda trave. De Arrascaeta, livre, completou de cabeça e marcou o segundo.

Escalado com três volantes por Luiz Felipe Scolari, o Palmeiras não conseguia manter a posse de bola nem construir chances de gol. Nos acréscimos, após cobrança de falta, Vitor Hugo cabeceou e, no rebote, Willian mandou para as redes. O assistente, porém, marcou impedimento, confirmado pelo VAR.

O Palmeiras voltou com o meia Raphael Veiga no lugar do volante Matheus Fernandes, mas o panorama do jogo não mudou. Aos 13 minutos, em lance polêmico, o árbitro Rafael Traci viu pênalti de Diogo Barbosa sofre Rafinha. Na cobrança, Gabriel converteu.

Com vantagem confortável no marcador e festejado por sua torcida, o Flamengo passou a administrar a partida de maneira tranquila. O técnico português Jorge Jesus, inclusive, sacou o habilidoso De Arrascaeta para fortalecer seu meio de campo com a entrada de Piris da Motta.

A vida do Palmeiras ficou ainda mais complicada aos 36 minutos da etapa complementar, quando Gustavo Gomez recebeu o cartão vermelho em dividida com Bruno Henrique. Mesmo com a diferença numérica, o placar permaneceu inalterado no Maracanã. 

Terra

ComentáriosComentários