JPMotos
Flamengo vence o Ceará e assume a liderança do Brasileirão
26 de agosto de 2019 às 05:00
17
Visualizações

Flamengo foi a Fortaleza neste domingo para encarar o Ceará pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, e saiu do Castelão com uma expressiva vitória por 3 a 0. Com gols de Pablo Marí, Gabigol e De Arrascaeta, a equipe carioca conquistou sua décima vitória na competição.

O Rubro-Negro contou com o tropeço do Santos, que empatou mais cedo com o Fortaleza, na Vila Belmiro, e assumiu a liderança com 33 pontos. A equipe da baixada santista tem a mesma pontuação, mas perde nos critérios de desempate. O Ceará, com 20 pontos, caiu duas posições na tabela, e agora ocupa o 13º lugar.

Na próxima rodada, o Flamengo vai defender a ponta na tabela em confronto direto contra o Palmeiras, terceiro colocado com 30 pontos, no Maracanã. O duelo está marcado para as 16 horas de domingo. Antes porém, na quarta-feira, o Rubro-Negro joga a classificação nas semifinais da Libertadores da América contra o Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre. A equipe de Jorge Jesus está em vantagem por ter vencido o jogo de ida, no Maracanã, por 2 a 0.

O Jogo – Flamengo e Ceará fizeram um jogo movimentado no Castelão. O primeiro tempo foi equilibrado, mas foi o Ceará que esteve mais tempo próximo da área do Flamengo, e chegou a pressionar em alguns momentos. Por outro lado, foram do Fla as melhores chances nos primeiros 45 minutos.

Após um chute de Lima aos 4 minutos que foi por cima do gol de Diego Alves, Leandro Carvalho foi travado por Gerson aos 9, na hora da conclusão.

Aos 14, O Flamengo quase abriu o placar em uma chance incrível desperdiçada por Berrío. Gabigol fez toda a jogada pelo lado esquerdo, avançando desde o meio de campo até a área. O artilheiro cruzou rasteiro para o colombiano que, de frente para o gol próximo da marca do pênalti, chutou mal e mandou por cima do gol.

Sete minutos depois o Fla saiu na frente com um golaço de Pablo Marí. Em jogada ensaiada, Renê cobrou lateral pela esquerda do ataque em direção a Rodrigo Caio, que estava posicionado próximo à linha de fundo, dentro da área. O zagueiro cabeceou para o meio da área, na altura da marca do pênalti. Berrío ajeitou de peito para Palblo Mar’encher o pé de canhota e estufar a rede.

O Rubro-Negro ampliou aos 34. Renê recebeu na lateral, cortou para o meio e anaçou pela intermediária do Ceará, antes de tocar para Gabigol. O artilheiro enfiou para Berrío na ponta direita e o atacante devolveu de primeira, para trás, e matou a linha defensiva cearense. Gabigol recebu livre dentro da área, e teve tempo de ajeitar e soltar um balaço sem defesa para Diogo Silva.

O Ceará continuou jogando bem e marcava presença no ataque. Aos 42, chegou a marcar em cabeçada de Galhardo após cruzamento de João Lucas, mas o lance foi anulado por impedimento do atacante.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo da primeira etapa, e cada equipe teve um gol anulado antes dos 10 minutos, ambos por impedimento. Aos 7, Tiago Alves completou para o gol de Diego Alves após Samuel Xavier desviar de cabeça o escanteio da esquerda cobrado por João Luvas. Dois minutos depois, Gabigol recebeu de Renê e encobriu o goleiro do Ceará.

A partida foi interrompida aos 12 após Renê e Leandro Carvalho se chocarem. O meia do Ceará levou a pior e ficou desacordado por alguns instantes, e depois foi levado de ambulância ao hospital.

O duelo caiu de ritmo e aos 24 o técnico Jorge Jesus trocou duas peças de uma vez. Berrío e João Lucas deixaram o gramado e foram substituídos por Bruno Henrique e Rafinha, respectivamente.

Mesmo com a entrada dos titulares, o Flamengo passou a segurar mais o jogo e a ganhar tempo. Mas foi Bruno Henrique que iniciou uma bela trama do ataque Rubro-Negro aos 32. Ele avançou pela esquerda e tocou para Arrascaeta, que achou Gabigol na direita, e este chutou cruzado e a bola passou muito perto da trave de Diogo Silva.

Aos 34, o Ceará quase desconta na cobrança de escanteio por Ricardinho. O volante cobra direto e quase marca um gol olímpico, mas Diego Alves dá um tapinha na bola e salva o Fla.

O jogo seguiu sob controle da equipe carioca até o fim, mas antes do apito final, aos 51, De Arrascaeta fechou o placar com um golaço de bicicleta da entrada da área, após cruzamento de Rafinha da direita

FICHA TÉCNICA
CEARÁ-CE 0 X 3 FLAMENGO-RJ

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 25 de agosto de 2019 (Domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa-GO)
Renda: R$ 2.119.235,00
Público: 49.986 (48.986 pagantes)
Cartões amarelos: Samuel Xavier, Valdo, Felipe Silva (Ceará)
Gols:
FLAMENGO: Pablo Marí, aos 21, e Gabigol, aos 34 min do 1º tempo; Arrascaeta, aos 51 min do 2º tempoCEARÁ: Diogo Silva, Samuel Xavier, Valdo, Tiago Alves e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Thiago Galhardo (Felipe Silva) e Lima (Wescley); Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves) e Felippe Cardoso
Técnico: Enderson Moreira

FLAMENGO: Diego Alves, João Lucas (Rafinha), Rodrigo Caio, Pablo Marí e Renê; Piris da Motta, Willian Arão, Gerson (Everton Ribeiro) e De Arrascaeta; Orlando Berrío (Bruno Henrique) e Gabigol
Técnico: Jorge Jesus

gazetaesportiva

ComentáriosComentários