JPMotos
Furacão domina o Fluminense, vence na Arena e segue perto dos líderes
25 de julho de 2016 às 07:56

57951fbad4c72

O melhor em campo venceu. A análise simplista ajuda a entender a vitória por 1 a 0 do Atlético-PR sobre o Fluminense, neste domingo, na Arena da Baixada, em duelo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Hernani, aos 33 minutos do primeiro tempo, selou o triunfo dos donos da casa.

O Furacão ficou mais tempo com a bola no ataque, criou mais oportunidades de gol e deu mais trabalho para a defesa adversária. Poderia ter aberto o placar nos primeiros minutos, mas Gum, quase em cima da linha, salvou aos cinco minutos o arremate de Vinícius, velho conhecido da torcida carioca. Aos sete, Diego Cavalieri, com a ponta dos dedos, impediu o gol de Pablo. A torcida atleticana precisou esperar até os 33 minutos, quando Walter fez muito bem o papel de pivô e ajeitou a bola para Hernani finalizar: 1 a 0.

Neste meio-tempo, o Fluminense criou apenas uma chance. Na verdade, ganhou de presente. O goleiro Weverton quis driblar Richarlison após um lançamento longo e perdeu a bola. Ele só não virou vilão pois Wanderson teve presença de espírito para se colocar no lugar do goleiro e salvar após conclusão do atacante tricolor. Pouco para o Flu, com um esquema tático bem ofensivo, mas sem poder de criação nos 45 minutos iniciais.

Com Dudu no lugar de Maranhão, Levir Culpi conseguiu aumentar a consistência do meio de campo do Flu na etapa final. Mas a posse de bola ofensiva pouco se transformou em lances perigosos. Finalizações, em grande parte, apenas nas jogadas de bola parada. Já o Atlético-PR, quando tentava contra-atacar, levava perigo. Juninho, que entrou no lugar do amarelado Vinicius, carimbou a trave de Cavalieri aos 19 minutos. Lance mais emocionante de um segundo tempo muito truncado, com vasta distribuição de cartões amarelos pelo árbitro Francisco Carlos do Nascimento.

Foi a sexta vitória em oito jogos do Atlético na Arena. O time segue invicto em casa e na caça aos líderes. São cinco pontos atrás do Palmeiras, primeiro colocado, e três de desvantagem em relação a Corinthians e Grêmio. E assim segue sonhando com voos mais altos. O Flu, por sua vez, segue no bloco intermediário, sem engrenar e sem saber qual será o objetivo no restante do campeonato.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-PR 1 X 0 FLUMINENSE

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos e Esdras Mariano de Lima
Público/Renda: 14.959 pagantes/R$ 304.110,00
Cartões amarelos: Gum, William Matheus, Samuel, Gum e Edson (Fluminense), Léo, Walter e Vinícius (Atlético-PR)
Cartões vermelhos:
Gols: Hernani (33’/1ºT)

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Thiago Heleno, Wanderson e Sidcley; Otávio, Hernani, e Vinícius; Pablo, Yago (Giovanny) e Walter (Marcão).

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Douglas (Edson), Cícero e Marcos Júnior; Maranhão (Dudu-intervalo), Samuel e Richarlison (Magno Alves).

  ESPN

178 total views, 1 views today

ComentáriosComentários