JPMotos
Guarani de Juazeiro vence primeira no Cearense e sobe uma posição
25 de Janeiro de 2018 às 10:18
9
Visualizações

Guarani de Juazeiro soma os primeiros pontos no Campeonato Cearense de 2018. No Romeirão o Leão venceu o Maranguape por 2 a 0. Marcado para iniciar às 20h15, o jogo começou com 5 minutos de antecedência. Apenas 341 presenciaram a partida, sendo 241 pagantes e 100 gratuidades. A renda foi de R$ 2.550,00 reais.

Com a vitória, o rubro-negro juazeirense figura na oitava posição com três pontos, tendo jogado três vezes na competição. Já o Maranguape tem apenas um ponto e não assinalou nenhum gol, já fez quatro jogos, e está na lanterna.

O Leão volta a campo no próximo sábado (27). Viaja até a capital do Estado para enfrentar o Floresta, líder do campeonato, no Presidente Vargas (PV) às 16h. A partida será transmitida pela TV Diário.

Já o Maranguape joga no próximo domingo (28) contra o Tiradentes. A partida está marcada para as 16h no estádio Raimundo Oliviera, em Caucaia, mas pode ser remarcado para acontecer no PV, também às 16h do domingo.

O Jogo

O time da casa dominou as ações no primeiro tempo, mas atacava desordenadamente e não criava muitas chances de gol. Quem chegou com maior perigo foi o Gavião da Serra, que por três vezes deu trabalho ao goleiro David. Destaque da partida.

Moré comemorando o primeiro gol do Guarani na vitória contra o Maranguape (Foto: Guto Vital/Agência Miséria)

O segundo tempo foi mais movimentado. Logo no início, em um contra-ataque rápido o Maranguape chegou com cinco jogadores contra um. Já dentro da área, o atacante Gugu bateu forte para boa defesa do goleiro leonino.

O Guarani marcava a saída de bola quando o lateral Olávio pegou o rebote, de um passe errado, e lançou no meio da zaga para Moré. Ele dominou na entrada da área, carregou a bola e de pé direito venceu o goleiro Téo.

Após o gol o Leão do Mercado partiu para cima e abriu a retaguarda. O Maranguape se aproveitou das investidas do time juazeirense e conseguia organizar contra-ataques com velocidade. Em um escanteio, o lateral Olávio cortou a bola com o braço e o árbitro assinalou pênalti para o Maranguape.

O goleiro do Guarani estava em noite inspirada. David defendeu a penalidade cobrada por Gugu, de mão trocada à meia altura.

Minutos depois foi a oportunidade do Guarani se armar e num contra-ataque, de almanaque, Leilson recebeu no meio e deixou Jean Bala na cara do gol. Ele tocou na saída de Téo e deu números finais a partida.

Assista aos melhores momentos do jogo pela TV Miséria com a narração de Delton Sá, do Timaço da Rádio Vale FM.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por João Boaventura Neto

 

ComentáriosComentários