JPMotos
Guerrero decide, Fla vence Botafogo e fará final do Carioca com Flu
24 de abril de 2017 às 06:57

O Flamengo está classificado para a grande final do Campeonato Carioca. Dominando o jogo desde os primeiros minutos, o time da Gávea, que já tinha a vantagem do empate, venceu o Botafogo por 2 a 1 e garantiu com tranquilidade a vaga na decisão do Estadual.

Grande nome do jogo, Paolo Guerrero marcou os dois gols e decidiu o triunfo do time da Gávea. Sassá, de pênalti, descontou para o time de General Severiano nos minutos finais.

Com o resultado, o Flamengo disputará o título carioca contra o Fluminense nos dois próximos domingos (30 de abril e 7 de maio).

O Fla-Flu decisivo será o primeiro no Campeonato Carioca após 26 anos -a última final entre os times ocorreu em 1991. Em 1995, no histórico gol de barriga do então tricolor e campeão Renato Gaúcho, os dois times faziam a última partida de um octogonal realizado no Estadual.

O JOGO

Desgastado após a maratona de viagens e jogos pela Libertadores, o Botafogo viu o Flamengo transformar a vantagem física em superioridade técnica. Com mais posse de bola, o Flamengo dominou amplamente o primeiro tempo de jogo e só não abriu o placar graças a uma boa defesa de Gatito Fernández em finalização de Guerrero.

Evitando se lançar ao ataque, o Botafogo tentou repetir a receita de sucesso da Libertadores: se fechando e buscando sair em contra-ataque. Mas o bom posicionamento do Flamengo impedia que o Botafogo encontrasse espaços. O jogo ficou fechado e não viu maiores oportunidades antes do intervalo.

Na volta para o segundo tempo, o cenário foi mantido: Flamengo dominava um Botafogo que mostrava dificuldades em campo. Desta vez, no entanto, Guerrero não desperdiçou a chance de provar a superioridade no placar. E por duas vezes. Logo aos 4 minutos, o atacante peruano aproveitou rebote após cruzamento e chutou para fazer 1 a 0. Aos 21 minutos, cobrou pênalti com perfeição para fazer 2 a 0 e praticamente selar a classificação.

Uma forte chuva ainda caía sobre o gramado do Maracanã, dificultando o jogo para os dois times. A situação do Botafogo, que já não era das melhores, se complicou. Campo pesado e desvantagem -precisava fazer 3 gols- desanimaram o time de General Severiano.

Com o jogo já decidido, os times relaxaram, o jogo ficou aberto e as chances voltaram a aparecer. Aos 38 minutos, o artilheiro Guerrero teve chance clara de marcar seu terceiro gol no jogo, mas chutou em cima da zaga. Sassá, em pênalti aos 42 minutos, não perdeu sua chance, diminuindo a desvantagem no placar: 2 a 1.

PÚBLICO

Assim como na semifinal de sábado -Fluminense x Vasco-, o jogo deste domingo (23) não atraiu a atenção de tantos torcedores. Mesmo valendo vaga na final, o clássico teve menos de 22 mil pagantes nas arquibancadas. A torcida do rubro-negro era ampla maioria. Mesmo com a preocupação em função dos confrontos nos últimos jogos, o que se viu foi um cenário tranquilo dentro do Maracanã.

FLAMENGO

Alex Muralha; Pará, Rafael Vaz, Réver e Renê; Márcio Araújo, Romulo (Berrío) e Willian Arão, Gabriel (Mancuello) e Everton (Renê); Paolo Guerrero. T.: Zé Ricardo

BOTAFOGO

Gatito; Fernandes, Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Rodrigo Lindoso (Gilson), João Paulo, Dudu Cearense (Guilherme) e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá). T.: Jair VenturaGols: Guerrero, aos 4min e aos 20min, Sassá, aos 42min do 2º tempo

Noticiasaominuto

335 total views, 2 views today

ComentáriosComentários