JPMotos
No Maracanã: Flamengo vence Universidad Católica e assume liderança do grupo
5 de maio de 2017 às 16:04

O Flamengo está muito perto de garantir a vaga para a próxima fase da Taça Libertadores. O rubro-negro carioca derrotou a Universidad Católica por 3 a 1, na noite desta quarta-feira, no Maracanã, e assumiu a liderança do Grupo 4, com nove pontos ganhos. A equipe chilena segue na lanterna da chave, com cinco.

O time rubro-negro só vai precisar de um empate na próxima rodada para assegurar a classificação, mas pode até garantir a vaga com derrota para o San Lorenzo, em Buenos Aires, desde que o Atlético Paranaense não derrote a Universidad Católica, em Santiago, em partidas válidas pela última rodada da fase de grupos.

Diante de um grande público, com mais de 54 mil pagantes, o Flamengo jogou o suficiente para merecer o resultado. Mesmo encontrando dificuldades, principalmente no primeiro tempo, o time rubro-negro foi sempre mais objetivo do que o adversário, que entrou em campo apenas para se defender.

O atacante Paolo Guerrero foi o grande destaque da equipe, dando trabalho aos zagueiros chilenos. Os gols foram marcados por Rodinei, Guerrero e Trauco para o Flamengo, enquanto Santiago Silva anotou para o time chileno.

O jogo – A partida começou truncada, com as duas equipes errando passes e cometendo muitas faltas para interromper a progressão do adversário. Só aos oito minutos é que o Flamengo chegou na área chilena, mas a conclusão de Gabriel não levou perigo. Logo depois, Paolo Guerrero teve a primeira chance. Após cruzamento de Mancuello, o peruano subiu mais do que a zaga, mas cabeceou para fora.

O time rubro-negro seguia com o controle da partida e, aos 13 minutos, Guerrero teve outra oportunidade, mas chutou errado, quando tinha boas condições para fazer a conclusão. O time chileno encontrava muita dificuldade para se organizar ofensivamente e preferia se manter na defesa, tentando bloquear as investidas do adversário.

Aos 18 minutos, novamente Guerrero recebeu em boas condições, mas não conseguiu acertar a direção e mandou a bola para fora. Dois minutos mais tarde, a Universidad Católica chegou pela primeira vez. Fuenzalida recebeu de Maripán e chutou com perigo. A partida voltou a ficar intensamente disputada com as duas equipes abusando das faltas, o que truncava o andamento do duelo.

Aos 29 minutos, Kalinski fez bom passe para o lateral Espinoza, que finalizou com perigo. O Flamengo centralizava todas as jogadas de ataque em Paolo Guerrero, que recebia dura marcação da zaga chilena, mas sempre encontrava espaços para concluir. Aos 31, o peruano bateu forte para boa defesa de Toselli. Guerrero lutava quase só contra a defesa da Universidad, já que Mancuello e Gabriel encontravam muitas dificuldades.

gazetaesportiva

204 total views, 1 views today

ComentáriosComentários