JPMotos
Rogério monta seu quebra-cabeças
13 de junho de 2018 às 06:51
17
Visualizações

Desde a oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, que o técnico do Fortaleza, Rogério Ceni, tencionava fazer um remanejamento de posições na sua equipe. Mas, o desejo de retornar da viagem onde enfrentou Vila Nova/GO e São Bento/SP, fizeram o comandante manter o time, que se desgastou, pegou cartão e apresentou lesões musculares.

Agora, forçadamente, o treinador do Leão vai ter de mexer em cinco posições da formação principal, praticamente montar um novo time competitivo, para encarar logo o primeiro desafio: o Brasil de Pelotas/RS, na próxima sexta-feira (15), às 19h15, na Arena Castelão.

Aquele time embalado, que teve o melhor início de Série B dos pontos corridos, agora terá de ser refeito e manter o nível. Será um desafio jogar sem o lateral-direito Tinga, o esquerdo, Bruno Melo, o meia-atacante Marlon, , o volante Derley e possivelmente sem o artilheiro Gustavo. O lateral-direito Tinga apresentou estiramento grau 1 na parte posterior da coxa direita, devendo ficar de fora de atividades entre 10 a 14 dias. Já Gustavo foi apontado como dúvida, sem no entanto, ser esclarecido oficialmente qual a natureza da dor na coxa do atleta. Os outros cumprirão automática pelo terceiro cartão amarelo. Uma notícia boa é o retorno para a área técnica do treinador Rogério Ceni, que cumpriu automática.

Elenco

Na opinião dos jogadores, chegou a hora de puxar pelo elenco, conforme atestou o zagueiro Diego Jussani: “O Rogério colocou a mesma formação em 10 partidas. Conseguiu até repetir todos em alguns jogos. Na minha visão, que temos de trabalharmos todos os dias com ele, o Rogério deve manter a mesma estrutura que a gente vem tendo. É uma perda muito grande, porque são cinco jogadores, mas eu acho que a experiência dos que irão entrar vai ajudar muito a gente”.

O volante Jean Patrick segue a mesma linha de opinião de Jussani: “A gente lamenta os companheiros que irão ficar ausentes, mas o ti me está bem servido em todas as posições. O próprio Derley, que ficou de fora em outra oportunidade, teve companheiros que o substituíram bem. Não haverá problema”, disse Jean.

diariodonordeste

ComentáriosComentários