JPMotos
Sem sofrer, Corinthians vence o Santos e assume a liderança do Brasileirão
4 de junho de 2017 às 05:39

O Corinthians venceu o clássico contra o Santos por 2 a 0, neste domingo, no Itaquerão, e se já tornou um dos protagonistas deste Campeonato Brasileiro. Ao menos nestas quatro rodadas iniciais. O time chegou aos dez pontos, assume a liderança e só pode ser alcançado neste domingo por Cruzeiro e Chapecoense.

Romero e Jô, o “rei dos clássicos” em 2017, marcaram os gols no segundo tempo, em um jogo em que o Corinthians teve dois gols anulados. “Fizemos um jogo seguro e conseguimos fazer os gols. Vamos continuar com humildade. Ainda temos muitos jogos pela frente”, disse o atacante Jô.

Após do intervalo, o Corinthians pressionou o Santos, marcou do campo adversário e buscou o resultado. O meio de campo “apareceu”, tocou a bola e foi objetivo. A vitória poderia ter sido maior. Um dos gols anulados foi por uma interpretação do árbitro Anderson Daronco, que o invalidou depois de ouvir a opinião do auxiliar.

Pedro Henrique fez de cabeça, mas Romero, em posição de impedimento, teria atrapalhado a visão de Vanderlei. Mas o gol do Corinthians, àquela altura, era questão de tempo.

Pouco depois, o paraguaio abriu o placar, aos 24 minutos da etapa final. Jô, aos 29, fez um golaço ao girar no ar e acertar um lindo chute. Foi o sexto gol de Jô em seis clássicos nesta temporada. “Estamos no caminho certo, ganhando os jogos com os pés no chão”, afirmou o atacante corintiano.

Mas não foi tão fácil assim na etapa inicial. Até mesmo as melhores defesas, ponto forte do time, precisam ter sorte. Sem o imponderável, Corinthians teria sofrido um gol logo aos seis minutos. O regular zagueiro Pablo cometeu um erro fatal dentro da área. O time foi salvo pelo companheiro Pedro Henrique, que travou o chute de Bruno Henrique.

Foi a primeira chance desperdiçada pelo Santos no primeiro tempo. Vitor Bueno parou na frente Cássio, aos 28, Victor Ferraz de voleio, mandou para fora aos 44. Esses três momentos retratam o que foi a etapa inicial de um clássico disputado.

O Santos de Dorival finalizava menos que o Corinthians. Mas o time da Vila chegou mais perto de abrir o placar. A equipe de Carille, marcava muito e levava o rival ao erro. No entanto, Vanderlei fez apenas uma defesa nos primeiros 45 minutos: espalmou um chute forte, dentro da área, de Rodriguinho.

O clássico mostrou que o Santos, se tivesse feito os gols que perdeu no primeiro tempo, poderia ter tido outro resultado no clássico. Agora a situação de Dorival se complica para a sequência do Brasileiro, pois o Santos segue com apenas três pontos, em 15º lugar e sob risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Na próxima quarta-feira, o time buscará a reabilitação diante do Botafogo, no Pacaembu. No mesmo dia, o Corinthians visitará o Santos em São Januário.

 

Diário do Nordeste

 

269 total views, 4 views today

ComentáriosComentários