JPMotos
Terremoto atinge sedes do Mundial de Futsal e time dorme em aeroporto
15 de setembro de 2016 às 11:43
1
Visualizações

20160914204013_9350_capaO terremoto que atingiu o norte da Colômbia na noite de terça-feira (13) foi sentido em Medellín e Bucaramanga, cidades que abrigam a Copa do Mundo de Futsal.

Com o tremor de 6,1 graus na escala Richter, em Medellín, localizada a 228 quilômetros de Matatá – epicentro do tremor – a situação foi mais tensa e seleções que estavam em hotéis no município tiveram de evacuar os locais.

“Por volta de umas 20h50 (hora local) chegamos para jantar e sentimos a mesa tremer bastante. No mesmo momento, saímos todos para a rua. As pessoas que trabalham no hotel se assustaram, pois disseram que não é comum ter terremoto em Medellín. Foram um dez segundos, mas balançou bastante”, contou ao UOL Esporte Gustavo Paradeda, goleiro brasileiro que defende a Rússia.

Em função de o hotel estar situado em uma região montanhosa, dirigentes da Federação Russa decidiram deixar o local e seguir para o aeroporto. Isso porque nesta quarta (14), os jogadores viajarão para Cali, onde na sexta-feira (16) enfrentam Cuba.

“Passamos a noite toda no aeroporto e estamos aqui aguardando o voo. A seleção de Cuba estava no mesmo hotel que o nosso, porém optou por ficar lá. Soubemos que de madrugada já teve um outro tremor”, informou Gustavo.

Eduardo Mello, brasileiro que defende o Azerbaijão, e está em um outro hotel em Medellín, afirmou que sentiu o tremor. Não foi necessário, porém, nenhum tipo de evacuação.

Em Bucaramanga, onde está a seleção brasileira, os efeitos foram brandos. O assessor de imprensa da Confederação Brasileira de Futsal, Luis Domingues, disse que os jogadores não foram incomodados pelo tremor e que não há mudança de planejamento.

As autoridades colombianas ainda não informaram a extensão dos danos causados pelo terremoto ou se houve vítimas. Até o momento, a programação da Copa do Mundo segue inalterada.

Fonte:folhapress

ComentáriosComentários