JPMotos
Acidentes deixaram vítimas fatais em Penaforte, Santana do Cariri, Salitre e Barbalha
7 de novembro de 2016 às 11:02

20161107093515_6830_capa

Caiu de sete para cinco o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram quatro vítimas fatais em acidentes de trânsito e mais um caso de suicídio. Os corpos necropsiados no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro vieram de Missão Velha, Penaforte, Santana do Cariri, Salitre e Barbalha. De acordo com levantamento feito pelo Site Miséria, três mortes ocorreram no sábado e outras duas neste domingo.

Por volta das 07h30min de sábado, no Km 420 da BR-116 em Penaforte, um GM Astra de cor azul e placas JLN-5859 de Juazeiro (BA), capotou deixando uma pessoa morta e três feridas. Cleonice dos Santos Lopes, de 61 anos, faleceu entre as ferragens e foi retirada por PMs do Corpo de Bombeiros. Todos residem em Juazeiro (BA) e viajavam para rever parentes na Paraíba. O filho da vítima fatal, José Santos Lopes, de 36, dirigia o carro e perdeu o controle ao desviar um buraco capotando num despenhadeiro às margens da rodovia federal. Ele e os outros três foram socorridos ao Hospital Geral de Brejo Santo.

Já às 22 horas, na estrada do Distrito de Dom Leme em Santana do Cariri, houve uma colisão de veículos resultando num morto e três feridos. O funcionário público Thiago Nunes da Silva, de 23 anos, que residia na Rua Acelino Arraes em Santana do Cariri, viajava num Celta de cor cinza o qual bateu numa caminhonete S-10 e faleceu preso às ferragens. Saíram feridos Wilson Pequeno da Silva Filho, de 22, o “Su”, e João Lucas Feitosa, de 24 anos, que viajavam no Celta e moram em Santana do Cariri. A caminhonete era dirigida por Manoel Humberto Bezerra, o “Beto Preá”, que sofreu ferimentos leves.

Uma hora e meia depois, porém na CE-137 que liga Salitre e Araripina (PE), o agricultor Manoel Matias Pereira de Sousa, de 47 anos, que residia na Rua São Judas Tadeu (Bairro Alto Alegre) em Salitre, morreu em consequência de atropelamento. Ele trafegava a pé pelo acostamento da rodovia quando foi colhido por um veículo Fiat Pálio de cor preta, cujo motorista seguiu adiante. Todavia, já foi identificado pela polícia como sendo uma pessoa apelidada por “Emerson Cachorrão”, que mora na Rua Antonio Leite Cavalcante em Salitre.

Por volta das 20 horas deste domingo morreu em um dos leitos do Hospital São Vicente de Paulo de Barbalha Djanira Pereira dos Santos, de 47 anos. Ela residia na Rua Coronel José Dantas (Baixa do Tinguizeiro) em Missão Velha e teria tomado medicamentos em excesso quando foi socorrida ao hospital e faleceu.

Três horas e meia depois, na CE-293 imediações da Usina de Barbalha, Robério Mendes da Silva, que residia na Rua Fernando Arrais Feitosa, 18 (Bairro Seminário) em Crato, morreu em acidente de trânsito. Ele pilotava sua moto Yamaha de cor cinza quando foi abalroado por um veículo Gol de cor cinza e placas KMC-9540, inscrição de Barbalha, cujo motorista Francisco Filho Santos Landim, de 24 anos, residente no Sítio Brejão em Barbalha, segundo testemunhas, teria dado um “cavalo de pau”. Ele foi levado para a Delegacia de Crato e autuado em flagrante para responder por homicídio doloso.

Com Parceria Site Miseria

ComentáriosComentários