JPMotos
Comoção: Vítimas de chacina são veladas juntas em Campinas
2 de janeiro de 2017 às 09:04
13
Visualizações

20170102071831_5100_capa

Os corpos das 12 vítimas da chacina cometida por Sidnei Ramis de Araújo, que invadiu a residência onde a família da ex-mulher celebrava a chegada do ano novo atirando, estão sendo veladas juntas, no Cemitério da Saudade, em Campinas. O sepultamento está marcado para as 9 horas desta segunda-feira (2).

Entre os corpos estão o da ex-mulher e o do filho de 8 anos do autor do crime, que se matou após os assassinatos.

O velório de Sidnei Ramis de Araújo está sendo realizado na cidade de Jaguariúna (SP).

No Cemitério da Saudade, o clima é de muita comoção e revolta entre parentes, amigos e até mesmo pessoas que não conheciam as vítimas, mas resolveram se solidarizar, após tomar conhecimento do caso pela imprensa.

De acordo com informações do portal G1, por se tratar de vários membros de uma única família, os sepultamentos serão feitos um de cada vez, de 15 em 15 minutos.

“Ele já entrou sabendo ler e escrever. E a mãe era um doce. Sempre atendia prontamente às solicitações da escola”, lembrou a professora Tatiana Ferreira, que deu aula para João Victor Filier de Araujo, filho de atirador. Ela disse que na escola o pai não era autorizado a buscar o filho, que só poderia ser levado pela mãe, Isamara Filier, ou pelo motorista da van contratada por ela.

Sidnei Ramis de Araujo brigava na Justiça com a ex pela guarda da criança.

Notícias ao Minuto

ComentáriosComentários