JPMotos
“Eles mataram meu pai e meu filho”, diz autor de atentado em casamento
2 de fevereiro de 2017 às 16:42

csm_afe7aa3b-0090-4473-9056-7a860747fca5_c089437dc8

O acusado de invadir uma cerimônia de casamento e atirar contra dois convidados em Limoeiro de Anadia, no último sábado, 28, afirmou que a ação foi motivada por vingança a morte de seu pai e filho. Humberto Ferreira Santos foi entrevistado pelo repórter Carlos Nascimento, da TV Pajuçara, na tarde desta quarta-feira, 01, após se entregar na 4ª Delegacia Regional de Polícia, em Arapiraca.

“Agi por impulso. Eles mataram meu pai e meu filho. Eu perdi tudo. Tem dois anos que venho lutando para prender esse povo. Eu não queria fazer isso, fui obrigado”, disse.

Humberto também explicou os motivos que teriam levado Edmilson Bezerra da Silva, de 37 anos, e seu pai, Cícero Barbosa da Silva, de 62 anos, a arquitetarem o crime.

“O meu filho teve um problema com o Edmilson há oito anos. Eles acabaram matando duas moças. Ele teve que assumir o crime sozinho, o Edmilson não se apresentou. Eu trouxe meu filho para a delegacia para pagar pelo que fez, pegou 28 anos de cadeia. Meu filho disse que ia entregar o Edmilson porque ele também participou do crime. Quando estava foragido da polícia, meu filho procurou o pai do Edmilson, o Cícero, para pedir uma ajuda. O Cícero disse que ele tinha sido ameaçado e falou para eu dar um jeito na situação, senão ia tomar uma atitude. Não deu 15 dias”, afirmou.

Ainda durante a entrevista, Humberto reforçou que não possui passagens pela polícia e que está arrependido. A investigação do caso está a cargo do delegado Gustavo Xavier, que ouviu o acusado nesta tarde.

212 total views, 1 views today

ComentáriosComentários