JPMotos
Em carta a Obama, menino de 6 anos oferece a própria casa para garoto sírio
22 de setembro de 2016 às 16:00
11
Visualizações

20160922131047_4443_capa

A história de Omran Daqneesh, menino sírio de cinco anos, resgatado após um bombardeio em Aleppo, na Síria, que matou seu pai e o irmão mais velho, comoveu o mundo e, mais uma vez, chamou atenção para o horror que vivem as pessoas no país. O caso ganhou destaque internacional e chegou a Alex, um garoto norte-americano de seis anos, que decidiu pedir ao presidente Barack Obama um favor: “Você poderia, por favor, ir buscá-lo e trazê-lo para a nossa casa?”

Com tudo planejado, Alex diz que tratará Omran como um irmão: que ele irá emprestar seus brinquedos, irá ensiná-lo a andar de bicicleta, que brincará com ele e outras coisas.

A carta do pequeno morador de Scarsdale, em Nova York (EUA), comoveu Obama, que a leu nesta semana durante uma cúpula da ONU sobre refugiados. “Essas são as palavras de um menino de 6 anos e ele nos ensina muito”, disse o presidente norte-americano na ocasião.

Em sua página no Facebook, onde o vídeo foi publicado, Obama completou: “Todos nós deveríamos ser mais parecidos com Alex. Imaginem como o mundo seria se nós fôssemos. Imaginem o sofrimento que poderia findar e as vidas que poderiam salvar”.

Leia a carta na íntegra:

“Querido presidente Obama, lembra do menino que foi levado pela ambulância na Síria? Você poderia, por favor, ir buscá-lo e trazê-lo para a nossa casa? Pare na garagem ou na rua, eu estarei esperando por vocês com bandeiras, flores e balões. Nós daremos uma família para ele, e ele será nosso irmão. Catherine, minha irmã caçula, irá capturar borboletas e vagalumes para ele. 

Na minha escola, eu tenho um amigo que veio da Síria, Omar. Eu irei apresentá-lo a Omar, e nós poderemos brincar todos juntos. Nós podemos convidá-lo para festas de aniversário e ele irá nos ensinar outro idioma. 

Como ele não trará brinquedos, porque não tem brinquedos, Catherine irá dividir seu coelho e eu irei compartilhar minha bicicleta e ensiná-lo a pedalar ela. Eu irei ensiná-lo a somar e subtrair”.

Rede TV

ComentáriosComentários