JPMotos
Macaco embriagado fica preso após matar uma pessoa e atacar outras 250
19 de junho de 2020 às 08:09
62
Visualizações

A maior parte dos macacos não tem mais de 60 centímetros de altura, mas são conhecidos por serem quatro vezes mais fortes do que os humanos. Foi assim que um macaco chamado Kalua conseguiu ferir 250 pessoas e chegar mesmo a matar uma outra num ataque violento, na Índia.

 Esta semana, os funcionários do Jardim Zoológico de Kanpur, que fizeram o resgate do animal, declararam que o macaco era muito perigoso para viver entre a sua espécie e ‘condenaram-no’ a viver isolado numa jaula para o resto da vida.

Segundo o Daily Mail, as autoridades acreditam que o seu dono, um homem de Mirzapur, no estado de Uttar Pradesh, o alimentava a carne de macaco e bebidas alcoólicas. Quando o homem foi encontrado morto, o animal, que estava sofrendo de abstinência da ‘dieta’, fugiu levando a sua agressividade para as ruas e começou a atacar quem encontrava – especialmente mulheres e crianças.

Kalua conseguiu escapar às autoridades durante algum tempo, antes de ser finalmente capturado e levado para o zoológico, onde continuou tendo um comportamento hostil para com os tratadores e os outros macacos. Algum tempo depois de ter ido para o jardim zoológico nada mudou e por isso os funcionários decidiram que o animal não pode ser libertado.

Noticiasaominuto

ComentáriosComentários