JPMotos
Mãe e filha são acusadas de matar cinco membros da família nos EUA
26 de fevereiro de 2019 às 16:55
55
Visualizações

Uma mãe e sua filha foram acusadas nesta terça-feira no estado americano da Pensilvânia de matar cinco membros de sua família, incluindo três crianças, depois de mencionarem o desejo de um “suicídio” coletivo.

A tragédia ocorreu em um apartamento em Morrisville, uma cidade com menos de 10 mil habitantes e localizada cerca de 100 quilômetros ao sul de Nova York.

A mãe, Shana Decree, de 45 anos, e sua filha, Dominique Decree, de 19 anos, vão enfrentar cinco acusações de homicídio e uma acusação de associação criminosa, de acordo com um comunicado do promotor de Bucks County, no leste da Pensilvânia, onde fica Morrisville.

As duas mulheres são acusadas de matar dois filhos de Shana Decree, de 25 e 13 anos, a irmã de Shana, 42, e suas filhas gêmeas, de 9 anos, disse o promotor.

Os corpos foram descobertos nesta segunda-feira durante uma visita do serviço social ao apartamento onde morava a família.

De acordo com os detalhes da denúncia do Ministério Público, a polícia foi chamada ao local e encontrou um apartamento “com móveis virados e vidros quebrados por toda parte”.

Shana Decree e sua filha estavam em um quarto, na cama, aparentemente “desorientadas”, quando os outros cinco membros da família foram encontrados mortos em outro cômodo.

A mulher primeiro acusou alguns homens estrangeiros de terem cometido os assassinatos, mas depois disse à polícia que “todos no apartamento, incluindo crianças de 9 e 13 anos, queriam morrer” e “eles falaram sobre cometer suicídio”. Mãe e filha foram hospitalizadas.

Ao serem interrogadas, as duas apresentaram versões contraditórias, mas reconheceram ter matado as cinco pessoas. Ainda não se sabe os motivos dos homicídios nem como foram cometidos.

Fonte: AFP

 

ComentáriosComentários