JPMotos
Mister Teen Rondônia é indiciado por matar gerente de banco após sexo
8 de dezembro de 2016 às 09:13
24
Visualizações

20161208071343_3163_capa

O Mister Teen Rondônia 2015 João Victor Doenha, 19 anos, foi indiciado pelo latrocínio do gerente de banco Gleyson Batista, 33 anos, morto após uma relação sexual entre os dois, em Ouro Preto do Oeste (RO). Outras três pessoas, incluindo um adolescente de 15 anos, estão envolvidos no crime e vão responder também por ocultação de cadáver e formação de quadrilha qualificada.

O crime foi em 28 de novembro. Segundo a polícia, João Victor convenceu a vítima a se encontrar com ele em um local conhecido como Morro Chico Mendes.

“A função de Victor dentro da quadrilha seria atrair a vítima para o local. Conforme informações, eles já haviam tido uma relação amorosa e a vítima estaria o assediando. Ele sabia que a vítima iria a qualquer lugar que ele chamasse, segundo a versão dada pelo João Victor”, disse ao G1 o delegado Júlio Cesar Ferreira.

No local de encontro, João Victor convenceu Gleyson a ir uma parte mais isolada, onde os dois tiveram uma breve relação sexual. Logo depois, foram abordados pelos outros comparsas. “O João e a vítima estariam em um momento de intimidade, quando os outros envolvidos chegaram à Rampa 3. Inicialmente falaram que só iriam fumar maconha, mas quando Gleyson tentou deixar o local, o menor anunciou o assalto”, acrescenta o delegado Roberto dos Santos.

Gleyson teria se recusado a entregar as chaves do carro. O menor então pegou uma pedra grande e agrediu a vítima na cabeça, com três golpes. O gerente ainda foi esfaqueado cinco vezes no pescoço e finalmente degolado.

Para a polícia, se trata de um crime premeditado, pois os envolvidos já haviam dito que queriam o carro da vítima anteriormente e estavam na data com luvas no local, o que indica que se organizaram para a eventualidade de matar a vítima. “A ideia era que o João se passasse por vítima, mas ele esteve ali o tempo todo e entregou uma faca para que a vítima fosse esfaqueada. Então todos participaram e todos serão indiciados pelo crime de latrocínio e ocultação de cadáver”, diz Roberto.

Gleyson foi achado morto em meio a um matagal por um grupo que fazia trilha. João Victor, Maikssuel de Jesus Souza, 18 anos, Ronaldo Simões da Costa, de 20 anos, além de um adolescente de 15 anos, vão responder pelo crime. João e Ronaldo foram presos tentando fugir para a Bolívia em um carro roubado. Todos já estão presos e o menor apreendido.

Correio 24 Horas

ComentáriosComentários