JPMotos
Policial da Rota é morto a tiros na porta de casa em São Paulo
4 de maio de 2019 às 09:49
227
Visualizações

Um policial militar da Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) foi morto a tiros na porta de casa na região de Interlagos, Zona Sul de São Paulo na manhã deste sábado (4).

O vídeo abaixo gravado por câmeras de segurança mostra a ação. O policial Fernando Flávio Flores, do 1º Batalhão de Choque da PM (Rota) sai de casa com um Fiat Doblò e estaciona o carro na frente da residência. Ele sai do carro para fechar o portão e volta para dentro do carro em seguida.

Um veículo branco se aproxima e para em frente ao carro dele. Um homem que está no banco do passageiro começa a atirar de dentro do carro. Em seguida, ele sai e continua atirando. Outro bandido sai do banco do passageiro, dá a volta no carro e também atira. Os bandidos fogem em seguida.

A morte do policial foi constatada por um médico no local, segundo informações da PM.

O carro branco usado pelos bandidos foi encontrado ainda na manhã deste sábado em um terreno abandonado em Parelheiros, na Zona Sul.

O policial tinha 38 anos, deixa mulher e três filhos.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública afirmou: “Um policial militar foi morto à tiros na manhã deste sábado (4), em Interlagos, na zona Sul da Capital. O cabo Fernando Flávio Flores, de 38 anos, saía de casa com destino ao trabalho, quando indivíduos em um carro passaram realizando disparos de arma de fogo. O PM entrou em óbito no local.”

“O caso está sendo apresentado no 101° Distrito Policial (Jardim das Embúias) e será investigado pela Polícia Civil por meio de inquérito policial com assessoramento do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa – DHPP. Equipes da Corregedoria, que investigam crimes contra policiais, acompanharão as investigações”, diz a nota.

Este é o segundo caso de execução de um policial da Rota em dez dias. No dia 25, outro policial foi morto a tiros por um criminoso durante um dia de folga em Santos, no litoral de São Paulo.

Fonte: G1

ComentáriosComentários