JPMotos
Carroças de tração animal serão emplacadas e autuadas em caso de infrações de trânsito
14 de março de 2018 às 11:59
69
Visualizações

Meio de transporte ainda muito comum nas ruas de Juazeiro do Norte, as carroças de tração animal deverão ser cadastradas, emplacadas e autuadas em caso de infração. A mudança proposta pela Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos (Semasp) é para obter maior controle e fiscalização dos carroceiros.

A presença constante das carroças, principalmente no centro da cidade, divide opiniões. Por um lado, argumenta-se ser esse o único meio de trabalho dos que conduzem os veículos e, por outro, de que as ruas já estreitas se tornam ainda mais congestionadas.

O cadastro servirá também para fiscalizar os pontos de descarga de material coletado, principalmente o recolhimento domiciliar de entulho em pequenas reformas, descartado geralmente em terrenos baldios de Juazeiro.

Uma reunião com a categoria nesta segunda-feira (12) mobilizou cerca de 50 carroceiros. Até então foram cadastrados 29 pessoas.

De acordo com a assessoria da Semasp, ecopontos serão instalados para receber esse tipo de material, além do lixo recolhido pelos carroceiros, com coleta seletiva e reciclagem. “Cadastrar e emplacar é uma forma de legalizar a profissão”, disse o secretário da pasta. Após a regularização, os condutores de carroças deverão estar atentos às leis de proteção animal, ambientais e de trânsito.

Com o emplacamento, será possível fiscalizar e autuar os donos de carroças que estiverem em desacordo com as normas estipuladas. O Diretor de Serviços Públicos da Semasp, Elói Silva, adiantou que ainda não tem previsão acerca das autuações. Os emplacamentos deverão iniciar no dia 1º de maio, a orientação é que a partir de então a população contrate apenas carroceiros cadastrados pela prefeitura.

Por Felipe Azevedo/ Agência Miséria
Miséria.com.br

ComentáriosComentários