JPMotos
Mancha de óleo volta a aparecer na Praia do Cumbuco
5 de novembro de 2019 às 15:02
21
Visualizações

Manchas de óleo foram vistas na orla da Praia do Cumbuco, no município de Caucaia, na manhã desta terça-feira (5). O material foi encontrado por moradores no início da manhã. Órgãos da prefeitura de Caucaia e do Governo do Estado enviaram equipes para fazer a limpeza do local. Uma tartaruga morta com manchas de óleo foi encontrada no local.

A mancha de óleo que polui as praias brasileiras apareceu no fim de agosto e já atingiu pelo menos 26 praias do Ceará e mais de 200 localidades do nove estados do Nordeste.

A praia do Cumbuco, que voltou a ser poluída, é um dos destinos mais procurados no mundo pelos praticantes de kitesurf. Em setembro, kitesurfistas se concentraram no local para bater o recorde mundial do maior número praticantes do esporte velejando simultaneamente.

Eliandro Santana, guarda-vidas de um condomínio próximo ao local atingido pelas manchas, viu o óleo no início da manhã, a caminho do trabalho. Ele conta que ficou surpreso, pois achava que não haveria reincidência de manchas de óleo na praia.

Essa é pelo menos a segunda vez que a Praia do Cumbuco tem registro de mancha de óleo. No início de outubro, a praia foi considerada imprópria para banho pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente do Ceará (Semace)

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) afirmou que não foi acionado para a ocorrência. O órgão registrou manchas de óleo na praia de Pontal do Maceió, na última segunda-feira (5).

Eliandro Santana, guarda-vidas de um condomínio próximo ao local atingido pelas manchas, viu o óleo no início da manhã, a caminho do trabalho. Ele conta que ficou surpreso, pois achava que não haveria reincidência de manchas de óleo na praia.

Essa é pelo menos a segunda vez que a Praia do Cumbuco tem registro de mancha de óleo. No início de outubro, a praia foi considerada imprópria para banho pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente do Ceará (Semace)

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) afirmou que não foi acionado para a ocorrência. O órgão registrou manchas de óleo na praia de Pontal do Maceió, na última segunda-feira (5).

Diário do Nordeste

ComentáriosComentários