JPMotos
Maria da Penha: Mais de 80% dos leitores já sofreram ou conhecem alguém que sofreu agressão doméstica
11 de agosto de 2017 às 12:24

Em recente enquete realizada pelo Site Miséria, perguntamos para nossas leitoras se já sofreram ou conhecem alguém que tenha sido sofrido algum tipo de agressão doméstica. A amostragem foi um incentivo à semana de aniversário da lei Maria da Pena, que nesta segunda-feira (7), completou 11 anos.

A pesquisa indica que 86,43% dos leitores conhecem ou já sofreu algum tipo de agressão. Destes, 43,80% são homens e 56,20 são mulheres. esta foi uma das únicas vezes onde as mulheres tiveram maior participação nas enquetes realizadas pelo site. Apenas 13,57% responderam negativamente à questão.

Uma recente entrevista com a delegada da Delegacia da Mulher em Juazeiro do Norte, Débora Gurgel, mostrou que os números referentes a crimes de assassinato passional à mulheres no município podem ser encarados com certo otimismo.

Apesar de ainda receber cerca de 80 Boletins de Ocorrência mensais, a delegacia registrou em 2015 uma morte por crime passional, já em 2016 foram dois casos e até agosto deste ano ainda não fora constatado nenhum.

Até 2015, “feminicídio” ainda não era um termo previsto em lei. Em suma, a palavra consiste em um termo de crime de ódio baseado no gênero, amplamente definido como o assassinato de mulheres. Em resumo, o assassinato de uma mulher, ao ser constatado motivação por gênero, é um crime hediondo.

Em Juazeiro do Norte, no início da implantação da lei, era comum registrar de 8 a 10 casos de mortes por crime passional. Com o trabalho educativo e a ampla divulgação das ações amparo oferecidas pela delegacia e pelo Centro de Referência da Mulher, este indicador sofreu forte diminuição.

É claro que nós não queremos perder nenhuma vida, mas deve-se destacar a diminuição de mortes após implemento da Maria da Penha”, destaca a delegada.

Delegacia da Mulher – Rua das Flores s/n – Romeirão, Juazeiro do Norte
Telefone: (88) 3102-1102

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Com Parceria Site Miséria.com.br

128 total views, 1 views today

ComentáriosComentários