JPMotos
Mulher é morta dentro de sindicato de trabalhadores rurais no interior do Ceará
30 de maio de 2019 às 05:00
13
Visualizações

Uma mulher de 23 anos foi morta dentro do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São João do Jaguaribe, no interior do Ceará, na manhã desta quarta-feira (29). Ela foi baleada quando ia buscar documentos para solicitar uma pensão. De acordo com a Polícia Civil, Tatiana Martes Freire foi executada por dois homens em uma moto.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a mulher foi surpreendida pelos dois suspeitos. Ao perceber a ação criminosa, a vítima correu para dentro do prédio, mas foi atingida por disparos.

“Ela foi pedir a pensão do filho de 4 meses. O pai dele morreu no ano passado e era agricultor”, disse a mãe da vítima, Raimunda Freire. Tatiana tinha três filhos.

Após receber a notícia da morte da filha, a mãe dela passou mal e foi levada por familiares para uma unidade hospitalar para ser medicada.

Após ser atendida, dona Raimunda conversou com o G1. Ela não soube informar o que teria motivado a execução da filha. “Não sei como foi. Só sei que foi muito tiro, muita bala no chão e ela morreu na hora”, lamentou a mãe da vítima.

Em nota, a Federação dos Trabalhadores Rurais do Ceará (Fetraece) informou que foi comunicada pelo sindicato de São João do Jaguaribe que houve “um assassinato nas dependências da entidade”. De acordo com a entidade, a polícia foi acionada logo após o crime. “Lamentamos o ocorrido e salientamos que o fato não tem nenhuma relação com o trabalho desenvolvido pelo movimento sindical”, destacou.

Equipes da Delegacia Municipal de São João do Jaguaribe e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram ao local do crime e realizaram os primeiros levantamentos sobre o crime.

G1

ComentáriosComentários