JPMotos
800 PMs da reserva se apresentam para reforçar segurança no Estado após série de ataques criminosos
18 de janeiro de 2019 às 11:15
22
Visualizações

A Polícia Militar do Estado informou que 800 policiais e bombeiros da reserva, que vão reforçar a segurança as ruas no Ceará, já se apresentaram no Quartel do Comando Geral. Parte do efetivo participa durante esta manhã de uma reunião no Ginásio Paulo Sarasate, no bairro Centro, em Fortaleza, para conhecer as estratégias de trabalho nas ruas. Destes, 150, sendo 41 oficiais e 109 praças, devem voltar ao serviço ainda nesta sexta-feira (18).

“Os oficiais são responsáveis pela fiscalização.  Vão auxiliar na fiscalização do policiiamento. Vão ser distribuídos na capital e Região Metropolitana a nossa expectativa é colocá-los para fazer guarda de quartel, para prédios públicos e os oficiais vão fiscalizá-los”, disse.

O Governo do Estado convocou 1.200 militares para ajjudar no combate às ações criminosas registradas desde o dia 2 de janeiro. O prazo estipulado para apresentação era até a última quarta-feira (16), mas foi estendido até essa sexta.

Segundo a Polícia, os agentes serão distribuídos por Fortaleza e Região Metropolitana, e atuarão na guarda de prédios públicos e na fiscalização.

O órgão afirma, ainda, que os militares serão empregados de acordo com capacidade física e idade.

Policiais que não se apresentarem serão penalizados

Os militares que não se apresentarem irão responder administrativamente por transgressão disciplinar. Aqueles que não puderem mais trabalhar precisam levar atestado médico e passar por uma avaliação da Polícia.

A apresentação é obrigatória para os PMs que estão na reserva há no máximo cinco anos e que moram no Ceará. O agente continua a receber a aposentadoria e terá uma gratificação de R$ 900 a R$ 1,3 mil.

Fonte: Diário do Nordeste

ComentáriosComentários