JPMotos
Acusado de atirar na cabeça da ex-mulher em Jardim não convenceu a polícia de ter sido acidental e foi preso
4 de fevereiro de 2017 às 10:20

20170204063027_2332_capa

Uma tentativa de homicídio foi registrada por volta das 9 horas desta sexta-feira na zona rural de Jardim. O agricultor Josean Gonçalves de Souza, de 24 anos, apelidado por “Joza”, efetuou um disparo com espingarda artesanal contra sua ex-companheira Maria das Graças Timóteo, de 18 anos, que mora vizinho ao mesmo. O crime aconteceu no Sítio Serra Gravata e, imediatamente, o próprio acusado recorreu à ajuda de uma pessoa que ia chegando, a fim de socorrê-la ao Hospital Santo Antonio de Jardim.

Depois se apresentou ao Delegado Municipal de Barbalha, Juliano Marcula de Almeida Lima, o qual responde por Jardim, contando que a ex-mulher limpava a espingarda socadeira de um irmão dela quando esta disparou atingindo-a num dos olhos. A versão apresentada por Joza não convenceu a autoridade policial que passou a investigar o caso juntamente com inspetores. Ainda no hospital de Jardim – antes de ser transferida para o Hospital Regional do Cariri em Juazeiro – os policiais foram descobrindo novos fatos.

Uma das desconfianças foi causada quando o delegado anunciou a necessidade de um exame residuográfico que detecta se a pessoa efetuou disparo de arma de fogo e Joza foi logo adiantando que tinha detonado fogos de artifício. A autoridade tomou conhecimento ainda que o acusado havia dito ao irmão que “tinha feito uma besteira”. De acordo com as investigações, ele adentrou a casa da ex-esposa e atirou no rosto da mesma a qual foi transferida em estado grave por conta de chumbos alojados na cabeça.

Segundo Juliano Marcula, o acusado não tinha passagens pela polícia e foi autuado em flagrante para responder por crime de tentativa de homicídio. O delegado já colheu outras informações apontando Joza como um homem ciumento e que já tinha proferido ameaças de morte contra a ex. Soube ainda que, na quinta-feira, teria ocorrido uma discussão entre Maria das Graças e familiares do ex-companheiro que, agora, está recolhido à cadeia pública de Jardim.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

37 total views, 1 views today

ComentáriosComentários