JPMotos
Acusado de seis homicídios em Juazeiro foi assassinado ontem à tarde dentro de um bar
8 de fevereiro de 2018 às 11:19
227
Visualizações

O jovem Cledson Israel dos Santos, de 24 anos, o “Cleicinho”, que já tinha cerca de 20 passagens pela polícia e era acusado de pelo menos seis homicídios em Juazeiro do Norte, foi assassinado por volta das 17h30min desta quarta-feira. Ele morava na Travessa Carolina Sobreira no bairro Timbaúbas e se encontrava em um bar que funciona no cruzamento das ruas Possidônio Bem e Clóvis Beviláqua (Socorro) quando foi surpreendido com a chegada dos seus algozes num veículo Fox de cor preta. Um deles sacou a arma de fogo e efetuou vários disparos.

A vítima ainda tentou fugir da linha de tiros correndo pelo interior do imóvel, mas foi perseguido e executado. Segundo informações colhidas pela polícia no local ele tinha conquistado sua liberdade na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC) nesta terça-feira. Cleicinho respondia procedimentos desde sua menoridade nos municípios de Juazeiro e Crato.

Dois deles como usuário de drogas, quatro por tráfico de substâncias entorpecentes, quatro portes ilegais de armas de fogo, três crimes de lesões corporais e seis homicídios. Sua última prisão aconteceu no dia 12 de junho quando ainda morava no bairro Timbaúbas. Com ele, a polícia encontrou um revólver calibre 32 tendo seis cartuchos intactos, 27 pedras de crack, um tablete de crack pesando 95 gramas e mais 3,5 gramas de maconha.

Dos seis homicídios atribuídos a Cleicinho, quatro aconteceram no ano de 2011 e num curto intervalo de nove meses e o outro há quase dois anos. Confira a relação de cinco de suas vítimas:

DIA 3 DE JANEIRO DE 2011

Luis Milton da Silva, de 26 anos, o “Didi”, que residia na rua Arsênio Sobreira, 376 (Bairro Timbaúbas), foi morto com três tiros quando trafegava no cruzamento das ruas Arsênio Sobreira com Tenente José Dias daquele bairro. Didi respondia por homicídio e desacato.

DIA 6 DE MARÇO DE 2011

Rafael Jackson Bezerra, de 21 anos, que residia no Bairro Frei Damião, foi morto com um tiro no tórax. O corpo foi encontrado ao lado de sua moto Honda CG 125 Fan na Rua Manuel Tavares Lopes daquele bairro e a vítima respondia por crimes de roubos e ameaças.

DIA 14 DE AGOSTO DE 2011

José Cláudio da Silva, de 23 anos, o Lequinha, foi morto com vários tiros de revólver perto de sua residência na Rua Rui Barbosa (Timbaúbas) por “Cleicinho” e mais dois comparsas numa moto. A vítima era suspeita de ter assassinado Pedro Henrique da Silva na madrugada daquele mesmo dia.

DIA 24 DE SETEMBRO DE 2011

Luis Carlos da Silva, de 24 anos, que residia no Bairro Timbaúbas, foi morto com um tiro de revólver no abdômen quando trafegava pela Rua Arsênio Sobreira, 362 daquele bairro. Ele era irmão de “Didi” que tinha sido assassinado no dia 3 de janeiro.

DIA 08 DE MARÇO DE 2016

Joseano Pereira da Silva, de 25 anos, o “Joquinha” que residia na Rua Antonio Gonçalves Sobreira, 1242 (Tiradentes), foi morto a tiros por dois homens numa moto Yamaha YBR que o perseguiram a mataram na Rua Alexandre Romão Felipe daquele bairro. A vítima respondia por porte ilegal de arma de fogo e receptação.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários