JPMotos
Acusado de vários crimes foi morto a tiros na cabeça no 40º homicídio do ano em Juazeiro
19 de abril de 2017 às 17:56

Mais um homicídio foi registrado entre o final da tarde e início da noite desta terça-feira em Juazeiro do Norte se constituindo no terceiro do mês de abril e o quadragésimo do ano no município. O ex-presidiário Sebastião Alex Quintino dos Santos, de 26 anos, apelidado por “Alex das Malvinas” residia na Rua P17, número 153 (Bairro Malvinas) em Barbalha e tombou sem vida numa rua por trás do Loteamento Lagoa Seca I perto do Condomínio Cidade Kariris no bairro Lagoa Seca.

Ele tinha vários crimes e, no bolso de sua calça, foi encontrado um Alvará de Soltura expedido pelo Juiz de Direito titular da 2ª Vara da Comarca de Barbalha, Leonardo Afonso Franco de Freitas, no dia 11 de abril. Só que, no dia seguinte, foi condenado a 3 anos, 6 meses e 25 dias de reclusão. Alex respondia por crimes de trânsito, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, uma tentativa de homicídio e se encontrava preso na preso na Penitenciária de Juazeiro.

Uma de suas primeiras prisões ocorreu no dia 6 de janeiro de 2014 na Rua da Estátua (Bairro Maternidade) em Missão Velha com R$ 1,9 mil em notas de R$ 2,00, R$ 5,00 e R$ 10,00, sendo autuado por associação ao tráfico. É que no imóvel onde se encontrava seria uma “boca de fumo” comandada por “Jackson”. “Cícero” e Alex e a polícia recolheu uma pequena quantidade de substâncias entorpecentes.

Já no dia 8 de maio de 2014, na Rua José de Sá, 63 novamente em Missão Velha, voltou a ser preso com 140 pedras de crack, maconha a granel e R$ 3,7 mil a maioria em cédulas de pequeno valor. Ele estava acompanhado de Cícero Rubens da Silva Santos, de 22 anos. No dia 10 de dezembro de 2015 tornou a ser preso juntamente com “Bilinha das Malvinas” na Rua Antônio Gomes de Almeida, 548 (Conjunto Nossa Senhora de Fátima) em Barbalha, onde os PMs encontraram  uma espingarda calibre 12, munições, celulares, uma balança de precisão e dois Rá dios HTs na freqüência da PM.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

352 total views, 1 views today

ComentáriosComentários