JPMotos
Acusado do tráfico de drogas é preso em Potengi com bilhete de facção criminosa no bolso
5 de janeiro de 2019 às 08:08
432
Visualizações

Policiais militares do Destacamento de Potengi prenderam Fabrício Batista Lima, que é apelidado por “Fabrício do Pó” e reside em Araripe. Por volta do meio dia desta sexta-feira, a patrulha com o Cabo Castro e os Soldados Dantas e Cícero notaram ocupantes de um veículo adotando comportamento suspeito em frente ao Fórum de Potengi. Com isso, interceptaram o Golf 1.6 de cor prata e placas NIH-4480 em nome de Daylon Ferreira Nogueira da Silva.

O carro era dirigido por Fabrício que não possui Carteira de Habilitação e se fazia acompanhar de Maurício Ferreira Oliveira e Jucie de Sousa Medeiros. Nas buscas, os PMs encontraram no Golf uma munição calibre 38 deflagrada e um bilhete no bolso do motorista supostamente enviado de Juazeiro do Norte. O mesmo é assinado como sendo de um integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital) que apela por um favor.

O bilhete destaca o seguinte: “Primeiramente um forte abraço leal e sinsero daqui da parte do irmão Coringa. Ei Fabrício a irmã Coreria pode vender um branco e um fumo? para ajudar o irmão aqui? 1533 NPCC num passa nada se passar nois tá doido ou cego”. Os três foram conduzidos à Delegacia de Araripe e a polícia investiga Fabrício como autor intelectual do assassinato de “Léo Gordim” para supostamente assumir o comando do tráfico de drogas em Araripe.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários