JPMotos
Acusados do tráfico de drogas em Araripe atiram na polícia e terminaram presos
3 de agosto de 2017 às 16:13

Quatro delegados, oito inspetores em seis viaturas da Polícia Civil e mais o apoio de uma patrulha da Polícia Militar amanheceram o dias nas ruas de Araripe para dar cumprimento a seis mandados de buscas e apreensões no combate ao tráfico de drogas. A cidade está em festa por conta dos 142 anos de emancipação política e a polícia já sabia que “bocas de fumo” seriam abastecidas.

A operação começou na residência de Flávio Mickail Ferreira de Sousa, apelidado por “Kaká”, que mora no bairro Caixa D’água, onde os policiais apreenderam aproximadamente 1 Kg de crack. Recentemente, ele tinha sido preso por uma patrulha da PM com 1 Kg de maconha e mais um revólver e já se encontrava em liberdade. Mais uma vez, terminou conduzido para autuação por tráfico de drogas.

Logo depois, o comboio esteve na residência de José Newton Ferreira Sales, de 25 anos, apelidado por “Dé” e natural de Juazeiro do Norte aonde já residiu nos bairros Frei Damião e João Cabral. Atualmente, mora no bairro Campo de Avião ao lado da cadeia pública de Araripe. Para surpresa dos policiais, ele e outros estavam num churrasco regado a Whisky e, supostamente, cocaína.

Ao ver a chegada dos policiais, o acusado correu por um matagal e foi perseguido quando apontou um revólver na direção dos “civis” e efetuou três disparos, sendo que dois “picotaram”. Ele terminou preso com a arma e nenhum policial se feriu. Além do crime de tráfico, vai responder ainda por porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio. As esposas de “Kaká” e “Dé”, também foram levadas para a delegacia, sob as suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

320 total views, 1 views today

ComentáriosComentários