JPMotos
Adolescente de 15 anos foi executado a tiros na porta de sua casa em Mauriti
3 de agosto de 2016 às 12:09
25
Visualizações

20160803110060_5640_capa

Um homicídio à bala foi registrado na primeira hora da madrugada desta quarta-feira em Mauriti se constituindo no primeiro do mês de agosto e o sétimo de 2016 no município, onde onze pessoas tombaram mortas no decorrer do ano passado. O adolescente Leandro Tavares da Silva, de 15 anos, estava na calçada de sua residência situada numa rua por trás do posto de combustível Mateus (Bairro Dantas) quando foi surpreendido com dois tiros.

Ele era usuário de drogas e morreu no local, sendo que policiais militares do Destacamento de Mauriti encontraram perto do corpo uma trouxinha de maconha. Leandro Tavares já tinha sido vítima de um atentado à bala por volta 23h30min de um domingo na estrada de acesso ao Sítio Coité na zona rural daquele município quando um amigo seu foi atingido por uma bala perdida e morreu.

No caso o também adolescente Mathias Ferreira Santana, de 17 anos, que residia no Sítio Extrema em Mauriti e foi exatamente a última vítima de homicídio no município. Mathias seguia para casa juntamente com Leandro e outro colega. Na época, a polícia apurou que Leandro seria o rapaz marcado para morrer e saiu lesionado com tiros de raspão nas pernas e braços. Ele foi direto para a Delegacia, onde contou ter sido convidado para a prática de um furto e se negou por cujo motivo quiseram matá-lo.

Com parceria do Site Miseria

ComentáriosComentários