JPMotos
Após o assassinato de três policiais militares, coronel Gondim faz desabafo: “Vergonha da minha PM”
28 de agosto de 2018 às 14:10
262
Visualizações

Coronel Horácio Marques Gondim, um dos militares mais respeitados do Ceará e ícone na PMCE

“Pagaram com a vida por culpa institucional. O PM virou funcionário público. Vergonha da minha PM”. O desabafo foi feito pelo coronel da Reserva da Polícia Militar do Ceará, Horácio Marques Gondim, se referindo ao assassinato dos três colegas de farda na tarde da última quinta-feira (23), em um bar, no bairro Vila Manuel Sátiro.

Reconhecido como um dos mais emblemáticos e respeitados oficial da Corporação, Gondim critica abertamente a forma como hoje a Polícia Militar recruta e forma seus integrantes, assim como a forma de trabalhar da nova tropa.

Para o ex-chefe do Comando de Operações Especiais (COE), um grupo especial formado pela Secretaria da Segurança Pública do Ceará nos anos 90 e que ficou temido por sua ação drástica contra bandidos, hoje a tropa é formada, em grande parte, por pessoas que não possuem a mínima vocação para vestir uma farda e muito menos, têm o espírito de policial militar, daí ele repetir a expressão: “O PM virou funcionário público”, no estilo de que apenas cumpre seu horário de trabalho sem ser vocacionado para combater o crime de dia e de noite.

O coronel fez o desabafo em sua página nas redes sociais após a triste notícia da morte dos policiais militares, fuzilados por bandidos de uma facção criminosa na semana passada.

 

Com Informação Fernando Ribeiro

 

ComentáriosComentários